notícias

Nesta seção você encontra notícias sobre a AD Comunicação & Marketing e press releases sobre os nossos clientes.

13/11/2019

Brasileira roda o mundo desvendando ilhas a bordo de Stand Up Paddle

Após Galápagos, Sri Lanka e Páscoa, Roberta Borsari embarca para expedição no Havaí: terra do surfe e da filosofia Ho’oponopono

autor: Fabio Paradise/Pulsar Imagens

Há 10 anos a atleta e publicitária Roberta Borsari se aventura pelo mundo com uma prancha de Stand Up Paddle a tiracolo. A paulistana, que esteve no top 10 do circuito mundial de kayaksurf por mais de uma década, conheceu e se apaixonou pelo esporte em viagem ao Havaí em 2010. Desde então, visita ilhas ao redor do globo e, entre as remadas, registra os valiosos aspectos culturais, históricos, sustentáveis e naturais de cada um deles em seu projeto SUPTravessias.

Com ele, já remou com tubarões-martelo em Galápagos, realizou travessias icônicas nas Ilhas de Páscoa no Oceano Pacífico e mostrou a cultura do Sri Lanka, país ainda pouco aberto ao turismo. Em águas nacionais, fez a circunavegação de Fernando de Noronha e foi a primeira brasileira autorizada a fazer a travessia no Arquipélago de Alcatrazes, no litoral norte paulista.

O próximo destino levará Roberta de volta ao início dessa jornada com o SUP já que, nos próximos dias, a publicitária desembarca em Oahu, no Havaí, ilha onde fica Honolulu e o porto de Pearl Harbor.

Além da imensidão de água para desbravar e da cultura polinésia autêntica, o Havaí foi escolhido também por ser berço da filosofia de cura psicológica Ho’oponopono. A prática, criada por um terapeuta havaiano, consiste na repetição de frases curtas com o objetivo de purificar corpo e mente. Roberta conheceu a técnica após diagnóstico de câncer de mama em 2007 e ainda a pratica. A doença foi vencida há dois anos e, desde então, a experiência foi transformada no site www.xocancer.com.br.

Planejamento

As viagens de Roberta levam, em média, seis meses para saírem do papel, dependendo da complexidade da operação e destino eleito. Isto porque a prioridade é sempre ter certeza de que as atividades que quer praticar – como mergulho, SUP ou remo – são adequadas à época do ano. Além disso, as estruturas variam bastante entre as ilhas, então é preciso checar mais do que condições climáticas e de vento, mas também ter estabelecidos apoios locais para garantir que tudo o que é preciso para realizar o esporte em segurança esteja disponível.

Por isso, ela firma parcerias com operadores de mergulho e turismo para suporte com barcos de apoio durante as travessias e para levantar informações sobre os destinos. É preciso ter tudo mapeado, afinal, são horas em cima de uma prancha em locais remotos a ver belezas naturais incríveis tão de perto.

“O Stand Up Paddle é silencioso, tem um bom deslocamento, tem vista à longa distância porque você fica em pé e permite descer da prancha e fazer mergulho ali mesmo onde está”, explica.

Ao lado destas facilidades e tamanha proximidade com a natureza, o esporte é absolutamente sustentável, já que não tem motor, não espalha óleo nas águas e não gera ruído para os animais. Além de se preocupar em gerar a menor quantidade de lixo e impacto possível pelas ilhas em que passa, a atleta também trabalha ativamente pelo meio-ambiente com a Liga das Mulheres pelos Oceanos, instituição que reúne diversas profissionais em prol da conservação das águas.

Viajante solo

Outra preocupação de Roberta nas viagens é a segurança, já que ela parte sempre sozinha para suas expedições. A atleta esteve nas Maldivas, Sri Lanka, Galápagos, Taiti, Ilha de Páscoa e vários outros lugares como uma viajante solo. “Já viajei o mundo inteiro sozinha e me sinto muito segura porque tenho certos cuidados. É preciso conhecer as rotas que vai fazer, estabelecer uma base de apoio, principalmente em lugares remotos, e sempre informar seu cronograma a alguém”, afirma.

Estar atualizada com o que acontece nos universos políticos e culturais de cada destino também é fundamental e faz parte do protocolo. “Pesquiso muito sobre costumes locais e o momento atual da região. É preciso estar bem informada”, completa.

As expedições de Roberta Borsari podem ser vistas no site www.suptravessias.com.br e para mais informações sobre a atleta acesse www.robertaborsari.com.br.

Sobre a atleta

A paulistana Roberta Borsari manteve-se no top 10 do circuito mundial de kayaksurf por mais de 10 anos, conquistou títulos nacionais e internacionais e foi a primeira mulher a surfar de caiaque a pororoca do rio Araguari, na Amazônia, e a realizar diversas travessias inéditas de Stand Up Paddle pelo mundo. Também foi a primeira atleta a receber autorização do Ministério do Meio Ambiente para realizar a travessia em Stand Up Paddle em mar aberto até o arquipélago de Alcatrazes, no litoral paulista, e já fez a circum-navegação de Fernando de Noronha.

Entre as melhores experiências que teve com o projeto SUPTravessias, ela destaca o contato com as espécies endêmicas de Galápagos, no Equador, a arqueologia da Ilha de Páscoa, no Chile, as belezas naturais das Maldivas, os costumes polinésios de Moorea, no Taiti, e as vilas de pescadores do Sri Lanka.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

12/11/2019

Premiado Hotel Fazenda Mazzaropi anuncia programação de férias de verão

As crianças contarão com uma infinidade de atividades lúdicas e esportivas entre 2 de janeiro e 2 de fevereiro

O premiado Hotel Fazenda Mazzaropi, que fica estrategicamente localizado em Taubaté (SP), entre as capitais paulista e fluminense, acaba de anunciar a programação das férias de verão. Entre 2 de janeiro e 2 de fevereiro as crianças poderão se divertir muito com uma série de atividades lúdicas e esportivas.

Dentre as atividades que prometem fazer a cabeça dos guris estão artesanato, oficinas de artes, esportes ao ar livre e na gigantesca quadra poliesportiva, passeios de trem e, como não poderia faltar, muita brincadeira. Tudo isso com uma grande equipe de monitores divididos por faixas etárias e qualificada infraestrutura de lazer, que juntas fazem deste um exemplo em hotelaria voltada para a família.  

Férias significam descanso, mas no Mazza isso não quer dizer preguiça. Pensando nisso, foi montada uma vigorosa programação pensada para a saúde do corpo, muitas delas a céu aberto, como caminhadas, arvorismo, arco e flecha, além de jogos tradicionais, como futebol e vôlei. O movimento se intensifica nas aulas aeróbicas de hitt 30” e circuitos funcionais. Outras práticas incluem exercícios na água, seja hidroginástica, seja hidro dance. Para contrabalançar, sentadinhos eles podem dar voltas a bordo de trenzinhos, carros de boi, trole, cavalo e até carreta.

O espaço para o lúdico também está garantido e fica a cargo de ateliês para trabalhos manuais, musicalizações, cirandas, teatro, shows de circo, sessões de cinema e narração de histórias. Procura-se ainda estimular a interação com os animais, através de passeios em pôneis, visitas ao galinheiro e aos carneiros e retirada do “leite da vaquinha”, na qual a garotada participa da a ordenha. Conhecimento e diversão sempre de mãos dadas.

Na mesma linha, os almoços e jantares são temáticos, valorizando a criatividade. Junto com os monitores dá para se fantasiar de pirata, princesa, super-herói, palhaço, zumbi pijama, etc. Sem esquecer, claro, da visita de personagens do Sítio do Picapau Amarelo, que se transformaram em ícones da cidade de Taubaté, terra do autor Monteiro Lobato. Como se pode ver, são muitas as ideias propostas para incentivar a imaginação das crianças e fazer com que desfrutem de momentos que certamente guardarão na memória.

A programação completa de janeiro está em

https://www.mazzaropi.com.br/lazer/programacao/ferias-de-janeiro/

Mais informações sobre o Hotel Fazenda Mazzaropi podem ser obtidas no site www.mazzaropi.com.br, telefone (12) 3634.340 ou WhatsApp (12) 99640.0343.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

11/11/2019

Hotéis no Amazonas são o cenário ideal para o casamento e a lua de mel dos sonhos

Em meio ao centro histórico de Manaus e no coração da selva, o Juma Ópera e o Juma Amazon Lodge oferecem a melhor estrutura para celebrações e momentos românticos

Matrimônios são um dos rituais de passagem mais comemorados da vida, momentos que ficam guardados para a posteridade e que exigem muito tempo de meticuloso planejamento. Listas, reuniões e decisões traçadas às minúcias para que se corresponda ao imaginário de sonho idealizado pelos noivos. Um dos aspectos mais importantes é o lugar onde a cerimônia irá ocorrer. Tradicionais preferem igrejas e muitos daqueles que não são apegados aos dogmas religiosos resolvem se casar na praia. Mas que tal fugir do lugar comum? Pois os Hotéis Juma propõem algo diferente: celebrações de casamentos no coração da Amazônia.

No charme de um casarão tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), de frente para o principal cartão-postal de Manaus, o Teatro Amazonas, está o Juma Ópera. Erguido durante o Ciclo da Borracha, período de maior prosperidade econômica vivido pela Região Norte, o edifício sofreu um acurado processo de restauração. Assim, manteve o desenho e as características da Belle Époque, que tanto influenciou as históricas construções da Paris dos Trópicos. Sem dúvida, um cenário de encanto e romantismo.

O projeto arquitetônico prevê três espaços para a realização de eventos, sendo que dois deles podem ser unificados para a produção de grandes festas, como pode exigir este tipo de solenidade. A área útil gerada pela junção dos dois ambientes chega a 320 m². Em menor escala, o rooftop onde se encontra a piscina pode ser ainda uma opção ou suporte, pois compreende também um bar de apoio. Para a organização do evento, o Juma Ópera oferece a primazia da gerência de Rodrigo Dezan Cunha, profissional com vasta expertise em hotelaria, catering e recepções numerosas, capaz de comandar banquetes e festividades com magnitude.

Com 41 apartamentos, quase todos voltados para a praça onde se avista a famosa casa de espetáculos e os palacetes de época, o hotel está preparado para receber e também hospedar os convidados. A fim de que todos usufruam da melhor experiência possível, as instalações ainda incluem academia, a já citada piscina na cobertura e o restaurante, que explora a fusão de ingredientes amazônicos à cozinha contemporânea. O cardápio leva a assinatura da consagrada chef Sofia Bendelak.

Na lua de mel, por sua vez, é hora de curtir a dois em clima de romance. Para isso, nada melhor do fugir para um lugar remoto e esquecer que o mundo existe. No meio da selva amazônica, o Juma Lodge – a cerca de 100 km da capital amazonense – inclui um trajeto que em si já é um passeio. Entre trechos terrestres, fluviais e aéreo, a bordo de um hidroavião, os recém-casados podem vislumbrar a diferença de tonalidade dos rios Negro e Solimões no esplêndido Encontro das Águas. É este o ponto onde ambos se juntam para a formação do mítico Amazonas, repleto de lendas e fonte de inspiração do folclore nortista.

Em consonância com o costume local, os 19 bangalôs – com varandas para o verde – do Juma Lodge ficam suspensos sobre palafitas a 15 metros de altura. Portanto, a salvo do grande fluxo hídrico que toma conta da área de sete mil hectares do hotel no período de cheia.

Sustentabilidade é levada a sério com a adoção de uso da energia solar e práticas de reciclagem. Restaurante, bar, piscina, museu e redário são infraestruturas que o empreendimento proporciona aos hóspedes, além de um telescópio profissional que promete trazer as estrelas para perto do casal, suscitando atmosfera de fascínio e sedução. 

AD Comunicação & Marketing

+55 (11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

08/11/2019

Inverno na Europa: as grandes vantagens de se viajar no frio

Em Londres ou Paris, as hospedagens do mais alto padrão de conforto estão no Prince Akatoki London, Le Burgundy e Le Cinq Codet

Para aqueles que não se intimidam pelo frio, viajar no inverno tem suas vantagens. Além dos preços mais camaradas típicos da baixa estação, as atrações estão mais vazias, o que significa desviar das multidões e enfrentar menos filas. Em países do hemisfério norte, como Inglaterra e França, que possuem culturas tão diversas da brasileira, isso também se manifesta na possibilidade de imersão no estilo de vida local. Desde a elegância das vestimentas ao comportamento expresso pelos lugares que frequentam – como pubs e cafés mais acolhedores -, é nesta época do ano que traços do jeito de ser europeu se revelam. Estas são, na verdade, as experiências que trazemos na mala para a vida. 

Uma das atividades mais gostosas de se fazer nas baixas temperaturas é comer. Às margens do Rio Tâmisa, em Londres, cabanas de madeira são construídas para que os visitantes se deliciem com os sabores do mundo no Mercado de Inverno de Southbank. Já no tradicional Borough Market, é hora de provar a cidra regional e o vinho quente para esquentar o corpo. Se os ventos soprarem com mais intensidade do polo norte, considere se abrigar numa casa de espetáculos, boa desculpa para assistir a um musical de West End ou um balé clássico no Royal Opera House.

Os monumentos e ruas principais, a exemplo da Torre de Londres, Piccadilly Circus e Oxford Street, ganham luzes multicoloridas. Então, a aura de conto de fadas começa a imperar pela paisagem urbana a enfeitar o característico cinza celeste da capital inglesa. Em Kew Gardens, um túnel de mini lâmpadas cintilantes criam uma atmosfera mágica. As vitrines recebem tratamento natalino e corais se apresentam na Trafalgar Square. Nas St. Katherine Docks, clássicos de Natal são exibidos num festival de filmes e o Hyde Park vira uma floresta secreta com esculturas de gelo e criaturas míticas na Winter Wonderland.

Para se abrigar do frio com absoluto conforto, na região vizinha ao parque – em Marylebone – está o The Prince Akatoki London. Este hotel cinco estrelas leva a Londres o conceito de hospitalidade japonês com apreço aos detalhes, minimalismo nas formas e suavidade das cores de seus 82 apartamentos e áreas comuns. Tudo para criar um ambiente relaxante para o descanso.

Uma vez aclimatado, não será necessário sair de suas instalações nem para jantar. O restaurante TOKii oferece em pratos o espírito oriental da célebre culinária nipônica, enquanto o The Malt Lounge & Bar promove a união entre os dois lados do mundo. Durante o dia, o bar se converte em um salão de chá para que se possa vivenciar o ritual símbolo das duas culturas. 

A um voo curto ou rápida viagem de trem, seguir para Paris é definitivamente algo inevitável. Ainda mais romântica sob clima invernal, a Cidade Luz irradia brilho ao longo da Champs-Élysées até que ela culmine no Arco do Triunfo resplandecente. Aos pés da icônica Torre Eiffel há uma pista de patinação no gelo, algo que também pode ser encontrado em outros pontos da capital francesa. Pelo Forum des Halles e no Grande Palais de Glaces a diversão se desdobra, assim como – pela primeira vez – nas Galeries Laffayette, lugar perfeito para procurar por presentes de Natal. 

Depois de caminhar por corredores de lojas e avenidas adornadas, nada substitui o bem-estar que o Le Burgundy pode lhe dar. Cheio de personalidade, este hotel é o epítome da elegância parisiense. No design de interiores, a nobreza de materiais e dos objetos de colecionadores. Na localização, o prestígio e as vantagens de se estar tão bem posicionado, na centralidade do primeiro arrondissement, próximo ao Museu do Louvre.  Já o hotel Le Cinq Codet se firma como opção mais contemporânea na Rive Gauche, com forte apelo arquitetônico dos anos 30, no estilo Art Déco de sua fachada. Pelas varandas dos quartos, a vista incomparável da Torre Eiffel e o Palácio Nacional Les Invalides.

Os hotéis Prince Akatoki London  (www.theprinceakatokilondon.com), Le Burgundy (www.leburgundy.com/pt/)  e Le Cinq Codet (www.lecinqcodet.com/pt/) são representados no Brasil pela Key Partners (www.keypartners.com.br), de Sylvia Leimann.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

08/11/2019

As férias de janeiro com a família também podem ser curtidas entre as montanhas, em Campos do Jordão

Além das paisagens da cidade, o hotel Vila Inglesa oferece programação infantil e todo o conforto com alto padrão

Por estar na região montanhosa da Serra da Mantiqueira, muitos associam Campos do Jordão a um destino de inverno. No entanto, o verão na cidade é animado e cheio de programações para se fazer em família. Arquitetura, história, esporte e intenso contato com a natureza estão entre atrativos ideais para se fazer ao ar livre, aproveitando o calor da estação. Entre as melhores opções de hospedagem, o Vila Inglesa apresenta instalações para o relaxamento e descanso dos pais. Para as crianças, propõe as mais dinâmicas brincadeiras para que assim elas tenham a real sensação de férias.

Com excelente localização, está a menos de quatro quilômetros de carro da Vila e do Parque Capivari, point de restaurantes, bares, lojas e chocolaterias de fachadas tipicamente normandas, charme europeu que faz este centrinho ser tão cobiçado. Mergulhe mais fundo na história local a bordo dos característicos bondinhos vermelhos e amarelos. Viste o pórtico da cidade ou siga o roteiro até o tradicional bairro de Abernéssia, uma viagem no tempo pela época da construção do então vilarejo. Se os trilhos não lhe aprouverem, vá suspenso pelos cabos do teleférico até o alto do Morro do Elefante para apreciar uma das vistas mais bonitas do lugar.

Visitar Campos do Jordão é, de fato, um turismo contemplativo, onde se estará sempre cercado de paisagens esplêndidas. De cartões-postais como a Pedra do Baú até o Horto Florestal, repleto de araucárias centenárias, o verde domina o ambiente. Inspire ar puro no Parque Amantikir e seus 28 jardins com mais de 700 espécies de plantas. Perca-se também entre seus labirintos de grama ou caminhe pelas trilhas pavimentadas. Caso prefira, contudo, andar sobre rodas, então eleja o Zoom Park Aventura. Voltado para a prática do mountain bike, a atração oferece 17 circuitos em 20 quilômetros de trilhas sinalizadas por níveis de dificuldade. 

A adrenalina pode continuar a ser liberada no Vila Inglesa. O hotel em Campos do Jordão promove extenso programa de divertimento para os pequenos. Entre os esportes, por exemplo, eles podem andar a cavalo ou explorar o alto das copas das árvores – com toda a segurança necessária – ao se lançar pelo arvorismo.

Já a natureza ocupa espaço privilegiado com incentivo ao plantio de sementes e passeios pelo “bosque encantado”. Da mesma forma, é ensinado a ter cuidado com os animais, quando se estimula a dar comida aos coelhos e visitar a casa dos carneiros. Jogos de adivinhações, caça ao tesouro, oficinas de teatro e narrações de histórias buscam fomentar o lúdico, assim como refeições temáticas em que se instiga o uso de cores e fantasias. Essas, sim, são férias de verão.

Enquanto a garotada brinca, os adultos podem se dar ao luxo de aproveitar a hospitalidade de alto padrão do Vila Inglesa. Para isso, há acomodações premium com banheira de hidromassagem, amenities especiais e o panorama tranquilizante das montanhas pelas janelas. Se for preciso relaxamento mais profundo, sessões de massagem estão às ordens. Depois solte a tensão – que porventura tiver restado – na sauna e na piscina ou, dependendo do perfil, na academia e nas quadras de tênis e vôlei.

Para os prazeres gustativos, o Moya, restaurante em Campos do Jordão nas instalações do hotel, proporciona ambiente refinado e tranquilo, bem como cardápio variado. Há também um espaço com buffet e cozinha show. Já o Bar da Torre propõe um clima mais informal entre cervejas artesanais e cachaças. Se este for o estado de espírito, uma boa dica é a visitação da tradicional Cervejaria Baden-Baden, que promove tour e degustação em sua fábrica na cidade. Sem dúvida, uma experiência perfeita para os dias quentes de verão.

Para informações e reservas, ligue para (12) 3669-5000 ou acesse www.hotelvilainglesa.com.br.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

07/11/2019

Socorro, no interior do estado de São Paulo, oferece infinitas oportunidades para o turismo de aventura

Libere sua adrenalina por trilhas, escaladas, voos de parapente, raftings, tirolesas e muito mais

Não é preciso “escalar montanhas” para se chegar a Socorro, pois este município do interior paulista está aos pés da Serra da Mantiqueira. Uma vez no destino, porém, será difícil de controlar a liberação de adrenalina. De fácil acesso, está a somente 138 quilômetros de São Paulo, na rota das principais rodovias do estado. Para aqueles que estão à caça de esportes e atividades ao ar livre, no entanto, a maré mansa para por aqui.

Conhecida como a “Cidade da Aventura”, Socorro foi a pioneira em reconhecimento neste segmento do turismo ao conseguir certificação internacional para explorar atividades esportivas. Aliando segurança à vontade de superar os limites impostos pela natureza, a variedade de práticas propostas em meio ao verde da Mata Atlântica é infinita.

Rapel, stand up paddle, canoagem, cavalgadas, ciclismo, passeios de quadriciclo e arvorismo estão entre as opções oferecidas pelos agentes turísticos, com destaque para as tirolesas. Uma delas é, inclusive, uma das mais longas do Brasil – conta com um quilômetro de extensão – e corta os estados de São Paulo e Minas Gerais. Ainda desafiando as alturas, pode-se saltar de parapente a 1.230 metros acima do nível do mar, a partir do Pico da Cascavel.

No Parque Aventura Monjolinho ainda é possível fazer escalada, off-road, eco boat, boia cross e rafting nas corredeiras do Rio do Peixe. O circuito aquático, por sinal, é um espetáculo à parte, com acesso para majestosas quedas d’água, ideais para se refrescar nos dias quentes que se aproximam. Nas Trilhas das Cachoeiras e da Mantiqueira ainda se pode contemplar a beleza de espécies nativas da flora local, como bromélias e orquídeas, e da fauna, como pássaros e macacos. Outros trajetos abrangem as Cachoeiras dos Sonhos, do Saltinho e das Duas Quedas.

Para os que são inseparáveis dos seus cachorros, muitas destes serviços se estendem ao “melhor amigo”, como o Rafting Dog, feito em botes infláveis que comportam cinco aventureiros e um animal. No SUP Dog, o pet pode ir em cima da prancha, junto a seu dono, navegando pelas águas calmas do percurso de 900 metros. Isso sem contar os tours de caiaque e as caminhadas pela mata, excelentes programas para se fazer na companhia daqueles que estão sempre ao seu lado. Para mais informações sobre o turismo na cidade acesse www.socorro.tur.br.

04/11/2019

As boas vibrações para 2020 começam na Amazônia, no Réveillon do Juma Ópera

No centro histórico de Manaus, sob a energia da floresta, o lugar mais perfeito para acolher o novo ano

A virada do ano é um período de balanços e projeções para o futuro. Por isso, todos procuram estar cercados de muita energia positiva. Definitivamente, não há lugar no Brasil que emane mais boas vibrações do que a Amazônia. Então, que tal passar o Réveillon no hotel Juma Ópera, que será inaugurado até o final do ano? Localizado em pleno centro histórico de Manaus e imbuído do espírito da floresta, não há ambiente mais propício para começar 2020 com o pé direito.

Com amplo espaço para festas, o hotel tem a ambição de oferecer serviço de excelência para eventos. São três ambientes distintos, e dois deles podem ser unidos, criando uma área útil de aproximadamente 320 m². A organização fica a cargo da equipe liderada pelo Gerente Geral Rodrigo Dezan Cunha, mestre na realização de vultosos encontros e banquetes.

No terraço, ao ar livre e à beira da piscina, os convidados ainda podem festejar enquanto se deslumbram com a emblemática vista do Teatro Amazonas e dos belos casarões do Ciclo da Borracha. Para aqueles que desejam ver os fogos na Praia da Ponta Negra, meros vinte minutos em carro separam o hotel da celebração, que ocorre na orla do Rio Negro.

A ceia de Réveillon do Juma Ópera ficará sob a incumbência da chef Sofia Bendelak, que aglutina de forma triunfal os sabores amazônicos à cozinha internacional, histórico que ela cultiva desde que concebeu oBistrô Ananã, pioneiro neste movimento que virou tendência na cidade. Premiada, ela exibe títulos daVeja Manaus e doGuia 4 Rodas, que à época – em 2009 – condecorou seu restaurante como o melhor de todo o Norte do país.

Assim como parte dos edifícios de seu entorno, que datam do fim do século XIX, o próprio prédio deste novo estabelecimento é tombado pelo Patrimônio Histórico. Trata-se de um detalhado projeto de restauração, que procurou respeitar as clássicas linhas originais. Quase todos os seus 41 apartamentos – bem como a academia – têm janelas voltadas para a praça do Teatro Amazonas.

Reservas e mais informações podem ser obtidas no site www.jumalodge.com.br, redes sociais @jumalodge, telefone (92) 3232-2707, WhatsApp (92) 99142-2708 ou e-mail reservas@jumahoteis.com.br.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

04/11/2019

Hotéis Tierra oferecem promoções para curtir a Patagônia chilena nas férias de verão

Descontos e benefícios marcam o início da temporada mais quente do ano em programas all inclusive, no Tierra Patagonia e Tierra Chiloé, para casais e famílias

O calor chegou e já é hora de programar as próximas férias. Para desbravar as belas paisagens da Patagônia numa experiência completa, do norte ao sul da região, os hotéis da premiada rede Tierra oferecem promoções e benefícios especiais. Seja para desfrutar o verão em família, seja para aproveitar a dois, em clima de romance, os dias ensolarados que a estação proporciona, são diversos os passeios e vantagens.

Na reserva do programaall inclusive de três noites no Tierra Patagonia e quatro noites no Tierra Chiloé, são disponibilizados 10% de desconto ao cliente. Além disso, também é ofertada uma diária gratuita em Santiago, Puerto Varas ou Punta Arenas nos hotéis parceiros, com traslados incluídos.

A Patagônia Sul propicia momentos de contato imersivo com a natureza, comtrekking por trilhas e montanhas do Parque Nacional Torres del Paine. As cavalgadas por florestas de árvores nativas, as navegações entre geleiras, por sua vez, certamente serão motivo de divertimento para as crianças.

Já na porção norte, vilarejos pitorescos e excursões de barco entre canais para observação da rica fauna local serão atrativos irresistíveis para casais enamorados. Toda essa ambientação é complementada pelo conforto das acomodações e instalações – como restaurantes, piscinas, jacuzzis e spas – dos Tierra Hotels. Além, claro, da excelência dos serviços, que tem por objetivo tornar este período do ano sinônimo de puro relaxamento e prazer.

Para aqueles que desejarem desfrutar das noites estreladas entre os fascinantes cenários do deserto, a rede ainda conta com o Tierra Atacama Hotel & Spa. Mais informações podem ser obtidas em www.tierrahotels.com, telefone 0800.761.1627 (Brasil) ou com os principais operadores e agentes de turismo.  Clique aqui para mais imagens do Tierra Patagonia 

31/10/2019

Natal em Paris: o que fazer e onde se hospedar para aproveitar em grande estilo o feriado de fim de ano

Ruas e praças iluminadas, pistas de patinação, atrações lúdicas e feiras temáticas deixam a Cidade Luz ainda mais encantadora

Paris é sempre mágica, mas no Natal o encanto que a cidade naturalmente irradia ganha um charme a mais. As fachadas recebem projeções coloridas, arcos triunfam em brilho, vitrines de lojas são decoradas com personagens natalinos e as grandes avenidas esbanjam fascínio com toneladas de luzes. Este é período em que a Champs-Élysées se ilumina com mais de 150 mil pequenas lâmpadas, da mesma forma que outros cenários de sonho, como o quartier de Montmartre e a Place Vendôme.

Num dos mais célebres cartões-postais do mundo, a Torre Eiffel acolhe o friozinho gostoso do inverno com uma pista de patinação no gelo. Mania esta que se expande por outros pontos da capital francesa, como no Forum des Halles, Grande Palais de Glaces e, este ano, pela primeira vez, nas Galeries Laffayette. Aqui, deslizadas sobre patins podem ser alternadas com voltas pelos corredores à procura do presente perfeito.

Ideias para lembranças e mimos artesanais podem ser encontrados no Jardin de Tuileries, que abrigará 120 chalés de madeira. São stands de trabalhos manuais, mas também de diversos restaurantes gourmets. O Hôtel de Ville, por sua vez, recebe barracas de crepes e vinho quente para acalentar corpos e corações. Aquecimento para se deslumbrar com o pátio da prefeitura, que será transformado numa gigantesca floresta encantada, com direito a trenzinho para as crianças. A beleza de seu típico carrossel decerto seduzirá ainda mais a todos, não só aos pequenos.

Em clima de família, como pede o Natal, atrações lúdicas também podem ser visitadas nos castelos da cidade em atmosfera de contos de fadas. No Château de Vincennes, espetáculos teatrais ganharão o palco. No Château de Breteuil, serão feitas leituras de histórias e ateliês de costura para produção de fantasias.

Programações religiosas também entram no roteiro daqueles que não abrem mão dos concertos no altar da igreja Sainte-Chapelle. E se a sorte contribuir, torça para que flocos de neve caiam diante de seus olhos na saída. Coberta de branco, a cidade adquire ares românticos e uma visão ainda mais extraordinária.

Pensando na ceia de Natal, todos os anos, os restaurantes Chiquette, localizado dentro do hotel boutique Le Cinq Codet; e Le Baudelaire, no interior do hotel haute couture Le Burgundy, oferecem um carinho especial aos turistas. Certamente, uma autêntica experiência francesa para esta data comemorativa. Entre as delícias da mesa, o famoso Bûche de Noel, bolo feito de manteiga, açúcar e ganache, verdadeira tradição local.

Para o descanso, tanto o Le Burgundy como o Le Cinq Codet garantem conforto e personalidade. O primeiro eleva o caráter chic parisiense com materiais nobres que se combinam a texturas modernas, criando um ambiente elegante em meio aos prestigiosos estabelecimentos da Place de la Madeleine e da Rue Saint-Honoré. O segundo desponta como o hotel mais contemporâneo na Rive Gauche e se destaca pelo estilo art déco erguido em edifício dos anos 30. Está localizado entre a Torre Eiffel e o Palácio Nacional Les Invalides, monumentos da bela paisagem da capital francesa que podem ser observados das janelas dos apartamentos.

Para mais informações, acesse os sites www.le5codet.com e www.leburgundy.com. Os dois hotéis são representados no Brasil pela empresa Key Partners (www.keypartners.com.br), de Sylvia Leimann.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

21/10/2019

Rede chilena Tierra Hotels inclui novos vinhos em sua carta premium e lança degustação de cervejas artesanais

Suas unidades estão localizadas no Deserto de Atacama, Arquipélago de Chiloé e Patagônia

A fim de destacar o melhor da viticultura chilena, a rede de hotéis Tierra, presente no Deserto de Atacama, no Arquipélago de Chiloé e na Patagônia, acaba de incluir novos vinhos em sua carta premium, privilegiando pequenos produtores locais e enólogos independentes. Além disso, na unidade localizada no extremo sul também será possível degustar cervejas artesanais.

Entre os rótulos independentes recém-incluídos, destaque para os das vinícolas Casa Bauzá, Reserva del Caliboro, Garage Wine Co., Von Siebenthal, P.S. Garcia e Atillio & Mochi. Também haverá opções orgânicas e biodinâmicas, como as da Viña Antiyal, e de cepas ancestrais, como a espanhola Garnacha e a chilena País, considerada patrimônio histórico nacional. Ambas são produzidas na Viña La Causa del Itata. Para completar, os hóspedes encontrarão vinhos de altitude produzidos no Vale de Elqui, mais precisamente nos vinhedos de Alcohuaz.

As novidades passam a integrar as linhas premium dos hotéis Tierra Atacama, Tierra Patagonia e Tierra Chiloé, com custo extra. As marcas já contempladas gratuitamente no programa all inclusive são Corralillo, da Vinícola Matetic, e Grand Selection, da Lapostolle.

Os hóspedes do Tierra Patagonia poderão também participar de degustações de cervejas artesanais, todas produzidas localmente em microcervejarias.

Mais informações sobre os hotéis podem ser obtidas em www.tierrahotels.com, no telefone 0800.761.1627 (Brasil) ou com os principais operadores e agentes de turismo.

AD Comunicação & Marketing

+55 (11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

18/10/2019

Com atividades na terra ou na água, Pucón, no Chile, é destino versátil durante primavera e verão

Hóspedes do hotel Antumalal curtem a natureza através de passeios de rafting e catamarã ou de escaladas em vulcões

A natureza em Pucón é tão espetacular que presenteia o viajante com diferentes atividades a cada estação no destino chileno. Na primavera e no verão, é possível fazer passeios como rafting, pesca e escalada, disponíveis para quem fica no hotel Antumalal. Todos oferecem a oportunidade única de desfrutar do deslumbrante cenário local, uma incrível combinação de vulcões, lagos, cachoeiras, montanhas e águas termais.

Na água, ideal para as famílias, o passeio de catamarã no Lago Villarrica proporciona uma visão privilegiada do Vulcão Villarrica. Ao longo do tour, os viajantes são apresentados aos princípios básicos da navegação. Outra atividade mais contemplativa é a pesca com mosca. Não é preciso ter experiência tampouco equipamento. Um barco leva os pescadores até um ponto do rio onde é possível fisgar trutas arco-íris e marrons.

Os viajantes em busca de adrenalina podem experimentar o rafting em Pucón. A atividade, disponível para quem tem acima de 8 anos, é organizada em dois níveis de dificuldade. Iniciantes são levados até o trecho baixo do rio, com corredeiras de graus 2 e 3. Quem encara corredeiras de grau 4 (idade mínima de 14 anos) sai do lado oposto do rio, a parte alta. Nos dois passeios, além da emoção vivida na água, há cachoeiras e vulcões para apreciar na paisagem.

Na terra, os aventureiros com mais de 14 anos podem escalar o Vulcão Villarrica. Embora seja o mais ativo do continente, é constantemente desbravado em excursões seguras, graças à experiência dos guias locais. Estar em boa forma física é indispensável para conseguir subir e vislumbrar o cenário espetacular de lagos e montanhas. Já as crianças se divertem através de roteiros de caiaque em torno da península ou, para as com mais de 7 anos de idade, no circuito de arvorismo com tirolesa. 

De volta ao hotel, segue o contato com a bela paisagem de Pucón. Localizado à margem do Lago Villarrica, com o vulcão logo atrás, todo o edifício conta com grandes janelas panorâmicas, inclusive as habitações, por onde se observa os jardins da propriedade que se encontram em uma área de cinco hectares. A vista também pode ser contemplada do Spa Antumaco, tanto nas piscinas como na jacuzzi, e do Restaurante Parque Antumalal. Vale explorar todo o local através do mapa disponível na recepção, que indica as trilhas até os mirantes, praias, cais e horta. Ainda, cada hóspede pode contar com um serviço feito sob medida, que o faz se sentir em casa durante toda a estada.

Para informações e reservas, acesse www.antumalal.com.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.8319/ 3862-5745

www.adcomunicacao.com.br

17/10/2019

Hotel Vila Inglesa, em Campos do Jordão, oferece 15% de desconto durante novembro

Diárias para o casal saem a partir de R$ 808 durante a semana e R$ 924 no final de semana

Em novembro, Campos do Jordão é o destino certo para momentos de contemplação da natureza. Mesmo no fim da primavera, os jardins ainda estão coloridos com diversos tipos de flores e os dias ensolarados com poucas nuvens, o que permite uma visão sem obstrução das montanhas. A temperatura também é agradável, com média de 25ºC durante o dia e 16ºC durante a noite. É durante todo esse mês que o hotel Vila Inglesa, um dos mais tradicionais da cidade, oferece 15% de desconto em suas tarifas.

Durante a semana, de domingo a quinta-feira, a diária sai a partir de R$ 808 para o casal. Para o fim de semana, de sexta-feira a domingo, a diária, para quem fechar no mínimo duas noites, sai a partir de R$ 924 para o casal. Há cortesia para uma criança de até dois anos por apartamento.

O Vila Inglesa conta com atividades para todos. As famílias podem aproveitar a estrutura de lazer e realizar atividades ao ar livre como arvorismo, descidas de tirolesa, cavalgadas e passeios de bicicleta, triciclo ou charrete. O hotel também tem horta, estufa e pomar, onde as crianças têm a chance de ver de perto como são produzidos os legumes, frutas e temperos usados nos pratos servidos no restaurante Moya. Já os casais encontram momentos românticos a dois ao saborearem um bom vinho próximo à lareira ou na piscina aquecida e coberta com vista panorâmica para o vale. O dia pode terminar no Bar da Torre, que serve deliciosos drinques, alguns deles feitos com a premiada Cachaça Mazzaropi.

Mais informações sobre o Vila Inglesa podem ser obtidas no site www.hotelvilainglesa.com.br ou pelo telefone (12) 3669.5000.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

14/10/2019

A exuberância da floresta e a riqueza arquitetônica de Manaus nas férias de dezembro e janeiro

Prédios históricos do Ciclo da Borracha são ilustres vizinhos do Juma Ópera, novo hotel da capital do Amazonas. Dos mesmos proprietários, Juma Amazon Lodge oferece experiência única no coração da selva  

De um lado, a cidade, suas esquinas, seu passado e sua organização. De outro, a selva, cheia de segredos e encantos. Com a proximidade das férias de dezembro e janeiro, escolher Manaus como destino de viagem é unir o melhor desses dois mundos. A capital do Amazonas guarda um conjunto arquitetônico que reflete um dos períodos mais representativos da economia brasileira. E ainda é ponto de partida para uma jornada de descobertas pela floresta.

Heranças do Ciclo da Borracha, cujo o ápice se deu nos primeiros anos do século 20, edifícios como o Palácio Rio Negro, o Mercado Municipal e o Teatro Amazonas são até hoje pontos turísticos e símbolos da Paris dos Trópicos, como Manaus foi chamada durante sua urbanização moldada à francesa, ao gosto dos barões do látex. É também no coração desse Centro Histórico que está o Juma Ópera.

O mais novo hotel da capital amazonense resgata o esplendor de um edifício tombado pelo Patrimônio Histórico, erguido em meio ao período de prosperidade vivido pela cidade. Boa parte das linhas originais foi mantida pelo projeto arquitetônico, que procurou oferecer aos hóspedes visão desimpedida do vizinho mais ilustre: o Teatro Amazonas, cuja majestosa cúpula, composta por cerca de 36.000 peças esmaltadas, pode ser enxergada a partir da maioria dos quartos.

Áreas comuns também têm o teatro como pano de fundo, entre elas a academia, o restaurante — onde a chef Sofia Bendelak retoma a consagrada exploração dos produtos amazônicos em harmonia com técnicas e segredos da cozinha de vanguarda — e a piscina. Situada no rooftop, ela permite observar ao fundo a orla do Rio Negro.

O maior afluente da margem esquerda do Rio Amazonas é parte do caminho de quem segue rumo ao Juma Amazon Lodge, hotel de selva localizado a 100 quilômetros de Manaus. Na travessia que mescla trechos terrestres e fluviais, o hóspede passa pelo Encontro das Águas, famosa atração local, em que os rios Negro e Solimões se unem depois de correrem paralelamente por 6 quilômetros. O visitante pode perceber, de forma clara, a diferença de tonalidade e de temperatura entre eles.

Em uma área preservada de 7.000 hectares, o Juma Amazon Lodge foi construído sobre palafitas, respeitando método utilizado pela população ribeirinha da Amazônia ao construírem suas casas. Resguardados pelas copas das árvores, bangalôs e demais instalações ficam a 15 metros de altura, nível máximo atingido pelo rio no período da cheia.

Os dias de quem se hospeda no Juma Amazon Lodge são marcados pelo espírito de aventura. Em passeios pela mata e nas atividades de observação, crianças e adultos são estimulados a conhecer hábitos de animais e características da flora. Tudo na companhia de guias nativos, empenhados em revelar belezas e ensinar a preservar um dos mais importantes ecossistemas do mundo.

Da rica combinação entre selva e cidade, nasce uma viagem que exercita lições de história, de ciência e, principalmente, de cidadania.

Reservas e mais informações podem ser obtidas no site http://www.jumalodge.com.br/, telefone (92) 3232-2707 ou e.mail reservas@jumalodge.com.br.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.8319/3862-5745

www.adcomunicacao.com.br

11/10/2019

5 maneiras de economizar dinheiro durante as férias de inverno em Park City, Utah

A cidade de Park City, em Utah, EUA, é uma excelente opção de destino para quem gosta de esquiar ou fazer snowboard e quer aproveitar o inverno no Hemisfério Norte. A temporada de neve geralmente vai do final de novembro ao início de abril de cada ano e, apesar de ser alta temporada, há várias maneiras de economizar dinheiro para curtir a neve, considerada a melhor do mundo.

Para começar, a localização estratégica da cidade permite traslados rápidos e baratos a partir do Aeroporto Internacional de Salt Lake City, levando apenas 35 minutos. Pode-se optar por traslados, são muitas opções de empresas que oferecem o serviço em vans ou ônibus, ou ainda por um carro particular através dos aplicativos de transporte. Saiba mais em www.visitparkcity.com/plan-your-trip/transportation/.

Ao chegar lá, a hospedagem também não será um problema. São mais de 100 opções, das mais diversas categorias, entre hotéis de luxo como o Waldorf Astoria, hotéis econômicos como o Hyatt Place, lodges como o Sundial e até mesmo pousadas no sistema Bed & Breakfast como a Washington School House. Veja a lista completa em www.visitparkcity.com/places-to-stay/.

É muito fácil locomover-se entre as duas estações de esqui locais – Deer Valley e Park City Mountain -, as lojas, os restaurantes e os pontos turísticos. Não é preciso alugar um carro, pois Park City possui um sistema de ônibus gratuito que conecta toda a cidade e, durante o inverno, funciona diariamente entre 6h30 e 00h30. Muitos hotéis também oferecem traslados sem custo e há ainda os aplicativos de transporte particular ou táxis que estão disponíveis por toda a região. Na Histórica Main Street, pode-se optar pelo Trolley, que opera todos os dias das 10h às 23h.

Outra vantagem é a oferta de passes para os meios de elevação, que permitem a experiência de esquiar por um preço bem mais acessível quando comprados com antecedência. Recomenda-se adquirir o Epic Day Pass antes do início da temporada de inverno para garantir a sua disponibilidade. Além disso, é muito mais econômico do que comprar diretamente na bilheteria dos meios de elevação. Para acesso à estação Park City Mountain pode-se optar pelo Epic Pass, que oferece um valor diferenciado para pacotes a partir de quatro dias, ou pelo novo Epic Lift Day, para uso diário. Já com o Ikon Pass é possível escolher entre esquiar por cinco ou sete dias na estação Deer Valley. Os três são ideais para quem deseja curtir sem limitações e exigências de tempo.

Para completar, há sempre promoções de hospedagem no início e no fim de cada temporada, principalmente em dezembro, antes do Natal, e em abril, durante a primavera. Neste inverno, Park City Mountain abre em 22 de novembro e Deer Valley em 7 de dezembro, ambas fecham em 12 de abril. No site www.visitparkcity.com/places-to-stay/lodging-deals/ há a lista de todas as ofertas disponível para cada período do ano, que variam entre descontos progressivos conforme o número de noites e até mesmo diárias gratuitas.

Mais informações em www.visitparkcity.com.

Sobre a cidade de Park City

Park City, em Utah, é um dos destinos montanhosos mais acessíveis dos Estados Unidos, localizado a apenas 35 minutos do Aeroporto Internacional de Salt Lake City. Há mais de 100 opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos, duas estações de esqui – Park City Mountain e Deer Valley –, cerca de 640 km de trilhas públicas e dezenas de restaurantes e lojas, além de outlets. A cidade também é palco do tradicional festival de cinema independente Sundance.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

10/10/2019

Curta o verão chileno em 5 excursões ao ar livre pela região do Vale do Rosário

Vinícola Matetic oferece passeios por áreas de cultivo. Hóspedes do La Casona, hotel-boutique da propriedade, optam por tours a pé, de bike, de van ou a cavalo

A brisa fria que sopra do Pacífico é um dos fatores de sucesso da premiada Vinícola Matetic, localizada no centro do Chile, a cerca de 120 quilômetros da capital, Santiago. A proximidade com o oceano fez surgir na região do Vale do Rosário um terroir único, onde as uvas são cultivadas livre de aditivos químicos, em total compromisso com o equilíbrio do meio ambiente.

No verão chileno, hóspedes do La Casona, o hotel-boutique dentro da propriedade, são convidados a conhecer de perto a proposta de agricultura orgânica praticada pela Matetic. A pé, de bike, de carro ou a cavalo, as excursões apresentam diferentes níveis de dificuldade.

Viajantes com disposição para andar têm duas opções de trekking: a subida à colina Bahamondes (a cerca de 400 metros acima do nível do mar) consome até 2h30, tempo em que se percorre a flora nativa do Vale do Rosário; com duração que varia entre 90 e 140 minutos, uma outra alternativa de caminhada explora a vegetação local onde se destaca a palmeira-chilena.

Entender como se dá o manejo das uvas e exercitar o olfato, a audição e o paladar é o que motiva quem escolhe a trilha de sentidos, tour a pé com 60 minutos de duração, que se encerra no mirante com vista para as vinhas de Sauvignon Blanc.

É possível percorrer as fileiras dessa varietal de bicicleta de modo suave, em passeios de aproximadamente 90 minutos, ou pedalar de modo mais intenso por cerca de 2 horas, percorrendo trechos do vale ao lado do riacho do Rosário até chegar à área de cultivo dos exclusivos rótulos Matetic.

Já na companhia de um legítimo caubói chileno, aventure-se em uma excursão a cavalo por entre as vinhas. A jornada que consome em torno de 2h30 passa por paisagens compostas por vegetação nativa e pode ser premiada com a visão de animais selvagens da região.

Destinado a quem pratica apenas o exercício da contemplação, a excursão de van que explora o Vale do Rosário é acompanhada de paradas e explicações sobre a proposta de cultivo biodinâmico. O tour de 2 horas termina em uma visita ao mirante de Bahamondes.

O fim de todas essas jornadas pode ser celebrado com uma refeição no Equilibrio, acompanhada de uma taça do Late Harvest Corralillo, nobre rótulo da Matetic servido de forma exclusiva no restaurante da vinícola, escolhido como o melhor da sua categoria no Best of Wine Tourism Awards 2019.

Encontre o descanso necessário que um dia de passeios pede em um dos dez quartos do Hotel La Casona. Batizados com nomes de castas de uvas, eles oferecem vista para os vinhedos e para os jardins da propriedade. Cenário inspirador para recomeçar a jornada de explorações pela Matetic.

Informações sobre o La Casona e a Vinícola Matetic podem ser obtidas em toursandbooking.matetic.com, no telefone (+56) 22611-1520, nas redes sociais @mateticvineyards, no e-mail reservas@mateticwg.com ou com os principais operadores e agências de turismo brasileiros.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br