notícias

Nesta seção você encontra notícias sobre a AD Comunicação & Marketing e press releases sobre os nossos clientes.

17/07/2019

Hotel cinco-estrelas na francesa Provence celebra os tons do verão com atividades ao ar livre

O Château de Fonscolombe oferece refeições em jardins com cenários deslumbrantes. Hóspedes ainda podem visitar os campos de lavanda na região no sul da França 

Enquanto o paladar aprecia um rosé, a visão se alimenta de cenários extraordinários. O verão europeu deve ser vivido ao ar livre. A ideia, então, de desfrutar de uma refeição à sombra das árvores, diante de um parque e de um elegante castelo do século 18, não pode soar mais perfeita. Perto dali, a estação pinta o sul da França de lilás, em campos de lavanda.

A experiência no cinco-estrelas Château de Fonscolombe, na Provence, une gastronomia com ingredientes sazonais, serviço de um Relais & Chateaux e o melhor do lifestyle no verão francês. Especialmente elaborado para a estação, o menu do Restaurante L’Orangerie pode ser degustado na parte externa, perto dos lagos da propriedade, que fica localizada no vilarejo de Le Puy-Sainte-Réparade, somente a 20 minutos da cidade de Aix-en-Provence.

Fontes e estátuas complementam a paisagem de árvores centenárias do hotel, com mais de 180 espécies de flora. A harmonia do Parc convida a caminhadas, passeios de bicicleta e piqueniques. A piscina aquecida também proporciona momentos relaxantes aos hóspedes. Do bar da Pool House saem bebidas que acompanham bem um cardápio especial com opções leves e também deliciosos sanduíches.

Ao lado de drinks, rótulos de tintos, brancos e rosés podem ser experimentados no Lounge Bar e Adega. O Château de Fonscolombe produz o próprio vinho. Os hóspedes podem conhecer os vinhedos do hotel, com origem no período romano. Chardonnay, Merlot e Cabernet Sauvignon são cultivadas de modo orgânico, marcado pela mescla do solo mineral com o clima mediterrâneo.

Situado em uma área verde de nove hectares, o hotel se encontra no coração da Provence. Ali, sob a luz do sul da França, o verão convida a passeios por campos de lavanda. O mais famoso, diante da Abadia de Senanque, perto de Gordes, fica a uma hora de carro. A composição do lilás da plantação com a construção medieval ao fundo é, de fato, inspiradora. Oconcierge do hotel está sempre à disposição para montar roteiros personalizados aos hóspedes.

Mais informações podem ser obtidas em www.fonscolombe.fr. O Château de Fonscolombe é representado no Brasil pela Key Partners (www.keypartners.com.br), de Sylvia Leimann.

 AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

15/07/2019

Na neve e fora dela, temporada na estação de esqui Portillo é repleta de muita ação

Competições entre hóspedes, tubing em família, shows de mágica e degustação de vinhos são alguns dos destaques da estação chilena neste inverno

O coquetel de boas-vindas anuncia dias de alegria na temporada de inverno da estação de esqui Portillo, localizada a cerca de duas horas de Santiago do Chile. Atividades dentro do hotel Portillo incluem massagens e shows de mágica. Na parte externa, a família inteira pode curtir deslizar em grandes boias na neve, no tubing, e se aventurar em esqui e snowboard.

Os ensinamentos passados na neve pela experiente equipe de instrutores são colocados à prova na Corrida Sol de Portillo. A cada quinta-feira, os hóspedes participam dessa divertida competição de esqui slalom, de acordo com seu nível de habilidade. A cerimônia de premiação ocorre à noite no living do hotel. Uma versão infantil da competição é realizada no programa Kids’ Camp, com aulas voltadas a crianças de 4 a 6 anos.

Quando não estão na neve, meninos e meninas podem aproveitar jogos de tabuleiro, caça ao tesouro, aula de culinária ao estilo Masterchef e outras brincadeiras propostas pela equipe de recreação. Há ainda mesas de ping pong, pebolim, brinquedos infláveis e até uma parede de escalada.

Nas noites de sexta, a semana de atividades chega ao fim com a tradicional Descida de Tochas. Com elas em mãos, os professores da escola de esqui e os hóspedes mais experientes percorrem a pista Plateau em um espetáculo que pode ser acompanhado a partir da varanda do hotel.

Mais informações em www.skiportillo.com ou com os principais operadores e agentes de turismo do Brasil.

Sobre Portillo

Localizada a aproximadamente duas horas de Santiago, capital do Chile, a estação de esqui Portillo oferece uma estrutura completa de hospedagem, lazer e entretenimento a pouco mais de 450 hóspedes por semana. São 35 pistas para todos os níveis de esquiadores e snowboarders, 14 meios de elevação e uma ampla área fora de pista.

Além disso, o clima familiar ganha força já que casais e famílias que a frequentam há muitos anos se transformaram em grandes amigos. Isso sem contar a excelência em serviços oferecida por 400 funcionários, muitos deles conhecidos pelos frequentadores habituais. À noite, as atrações são apresentações de música ao vivo no bar do hotel e as baladas animadas da discoteca.

Entre as opções de hospedagem, destaque para o confortável Hotel Portillo, que possui 123 apartamentos – entre duplos e familiares -, alguns com uma incrível vista para a Laguna del Inca e outros para um bonito vale, mas todos com telefone, mini-bar, cofre, secador de cabelo e conexão wi-fi à internet. Sua infraestrutura conta com um completo Fitness Center, sala de ioga e alongamento, ginásio com quadra poliesportiva, piscina, jacuzzi, salão de beleza, sala de massagem, sauna, sala de internet, cinema, salão de jogos, Escola de Esqui, clínica médica e serviço de aluguel e guarda de equipamentos.

A poucos metros dali, os visitantes também podem hospedar-se nos lodges Octagon e Inca. No primeiro, há 15 apartamentos com quatro beliches cada e banheiro privativo. Já o segundo é a melhor opção para mochileiros e jovens. Seus 20 quartos são um pouco menores e podem ser compartilhados, enquanto os banheiros estão fora, nos corredores. Para completar, há cinco chalés que garantem conforto e comodidade a famílias ou grupos de amigos e atendem de quatro a oito pessoas em dois ou quatro dormitórios. Todos possuem ao menos uma suíte, um quarto com beliche, sala de estar e pelo menos dois banheiros.

Conhecer Portillo é vivenciar uma experiência única. A tranquilizante paisagem dos Andes, com a beleza da Laguna del Inca, que fica bem em frente à estação, somada à recepção calorosa dos chilenos, eternizam cada momento nesse espetacular destino.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.8319 / 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

26/06/2019

Quanto mais cedo optar pelo High School Particular no exterior, maior a chance de entrar em renomadas universidades estrangeiras

O ano letivo em escolas do Hemisfério Norte começa em setembro e as candidaturas à graduação para alunos do último ano precisam ser finalizadas apenas três meses depois. O adolescente estará melhor preparado se for estudar fora já no 1º ano ou 2º ano do ensino médio.

Se a ideia for fazer o último ano do ensino médio em escolas do Hemisfério Norte e já tentar entrar em uma faculdade fora do Brasil, o tempo pode ficar apertado para estar bem preparado. Após o início das aulas em setembro, o estudante tem menos de três meses para montar sua candidatura a uma vaga em universidades estrangeiras. Quando ingressa antes no High School, tem a chance de visitar faculdades e chegar mais afiado para exames de proficiência em inglês.

De um modo geral, nos Estados Unidos e no Canadá, quem tem uma preferência clara por uma única universidade deve submeter a sua candidatura na primeira quinzena de novembro, a fim de receber a resposta da instituição mais cedo – método chamado de Early Decision. Também pode preferir o prazo normal, com inscrição em janeiro ou fevereiro. No Reino Unido, dezembro é o mês para dar entrada no procedimento nas universidades.

Quem cursa um ou mais anos do ensino médio no exterior pode se preparar ao longo do período para focar no tipo de candidatura mais adequado à faculdade onde queira estudar. Experts das escolas EF Academy orientam de perto os adolescentes, que podem visitar universidades e se preparar para exames de proficiência em inglês. As recomendações respeitam o perfil do estudante e o programa de High School que ele esteja cursando nas unidades mantidas pela instituição nos Estados Unidos e na Inglaterra.

Nos dois países, a EF Academy oferece o International General Certificate of Secondary Education (IGCSE) e o International Baccalaureate® Diploma (IB Diploma). Específico para estudantes de 14 a 16 anos, com o 8º ou o 9º ano do fundamental completo, o IGCSE é um programa que serve de preparação para as etapas seguintes do médio. Já o IB Diploma é a opção para estudantes entre 16 e 19 anos, com o 1º ano do médio concluído, que desejem uma formação mais ampla.

Para se especializar em alguma área já no ensino médio, o aluno tem, na Inglaterra, a alternativa de fazer o programa A-Level. Nos Estados Unidos, a EF Academy aceita adolescentes de 13 a 19 anos que estejam em busca de uma formação internacional diferenciada e que possivelmente queiram fazer faculdade e até carreira no exterior.

Mais informações podem ser obtidas em www.ef.com.br/academy,  www.facebook.com/EFacademybrasil e www.instagram.com/efacademybrasil/.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

26/06/2019

De faraós a sultões, os laços que unem Egito e Turquia

Pirâmides e palácios estão nos roteiros da Françatur, que incluem cruzeiro pelo Rio Nilo e mergulho no Mar Vermelho

Berço da civilização, o Egito é dono de uma tradição histórica singular, cujo legado exerce fascínio em viajantes do mundo todo. Na terra dos antigos faraós, tesouros arqueológicos como as pirâmides de Gizé resistiram ao tempo e às invasões, sobretudo aos quase três séculos de domínio do Império Turco-Otomano, a partir de 1517.

Uma das sete maravilhas do mundo antigo, que ainda existe, as pirâmides Quéops, Quéfren e Miquerinos são parte de um roteiro sagrado de quem visita o Cairo, capital do país. A enigmática Esfinge também está entre os cartões-postais dessa viagem. No Egito, a água cristalina de Hurghada é outro ponto de interesse de turistas, que escolhem essa região de resorts às margens do Mar Vermelho para mergulhar ou relaxar sob o sol.

Essas maravilhas egípcias são vistas no roteiro da Françatur dedicado ao país, que inclui ainda um cruzeiro de quatro noites pelo Rio Nilo. Pelo caminho, a embarcação atraca para os viajantes descobrirem outros lugares, como os Templos de Luxor e Karnak. Essa navegação pelo mais extenso e um dos mais emblemáticos rios da humanidade faz parte também do programa da operadora que visita o Egito com a Turquia.

Separado geograficamente pelo Mar Mediterrâneo, o Egito foi anexado à Turquia como parte dos planos de expansão dos sultões. Governantes se notabilizaram pelo estilo de vida excêntrico, que deu origem a lugares como o Palácio Topkapi, na cidade de Istambul. O Grand Bazaar é mais um destino obrigatório, com as suas mais de 4.000 lojas ao longo de cerca de 60 ruas cobertas, a fim de apreciar (e comprar) tapetes, joias, tecidos e roupas na cidade turca.

Já o melhor lugar para saber sobre toda a complexidade do passado do país é o Museu das Civilizações da Anatólia, uma das atrações da capital, Ankara. Mas é distante dos luxuosos palácios e da agitação urbana, que está um dos grandes atrativos de uma jornada pela Turquia: o sobrevoo de balão para apreciar o nascer do sol na região da Capadócia.

Os dois programas da Françatur levam o viajante a conhecer cartões-postais e a identificar os fortes laços culturais e religiosos presentes até hoje no Egito e na Turquia. Mais informações podem ser obtidas no site www.francatur.com.br, nas redes sociais @francaturturismo e nos telefones (11) 3149-3163 ou (21) 2102-2440.

Sobre a Françatur

No mercado de turismo desde 1996, a Françatur é especializada em França, mas também comercializa roteiros a outros países da Europa, África, Oriente Médio e América Latina, sejam individuais (personalizados) ou em grupo. Há ainda viagens temáticas como de lua de mel, luxo, enologia, gastronomia, esportes, família e religião.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

26/06/2019

Socorro (SP) proporciona dias românticos a dois na Serra da Mantiqueira

Casais recebem mimos como garrafas de champanhe nos hotéis e pousadas da cidade

Muito romance espera pelos casais em Socorro. A cidade no interior paulista tem aquele típico clima montanhesco de inverno graças a sua localização em meio a Serra da Mantiqueira. Lá, não faltam atividades para curtir a dois, charmosos restaurantes e hotéis e pousadas que organizam momentos especiais, como champanhe e morangos com chocolate nos quartos, para uma experiência inesquecível.

Pode-se começar o dia em um dos parques de aventura, como o Monjolinho e o Aui Mauê, onde é possível participar de circuitos de arvorismo, descer em tirolesas, caminhar em trilhas com cachoeiras, praticar boia cross e até o famoso rafting pelo Rio do Peixe. Para os mais aventureiros, a Escola Ronaventura oferece voos de parapente no Pico da Cascavel.

Já os casais que preferem curtir uma tarde tranquila encontram no Horto Municipal um ambiente arborizado ótimo para passeios românticos. Outra opção é andar pelo Centro Histórico de Socorro, com seus jardins, praças e casarões do início do século XX, e visitar a mais tradicional sorveteria da cidade, a Treze de Maio. Adicione ao roteiro degustações de produtos típicos, como as caipirinhas da Cachaçaria Santo Mé. E finalize o dia no Mirante da Pedra Bela Vista saboreando um delicioso Pan de Palo assado na fogueira, enquanto aprecia o sol se pondo entre as montanhas, com uma vista panorâmica inesquecível da região.

Quando o assunto é gastronomia, o italiano Ristorante D’Napoli oferece um menu com massas artesanais e risotos, que podem ser combinados com um dos mais de 30 rótulos de vinhos oriundos de 10 países diferentes. O Restaurante Pennynsula Dom Raul prestigia a culinária mediterrânea em um ambiente que lembra um castelo medieval, com vista para uma cachoeira. É nele que o visitante pode provar a mais famosa paella do Circuito das Águas. Já o Lubeck Bar e Restaurante conta com um ambiente mais despojado, onde são servidos caldos e fondues.

E é claro que o presente para a pessoa amada já está garantido. Socorro conta com três centros de compras, a Feira Permanente de Malhas, o Circuito das Malhas Outlet e o Shopping Moda de Fábrica, onde estão espalhadas mais de 400 malharias.

Para conseguir aproveitar todas as atrações, o ideal é se hospedar por, pelo menos, um final de semana na cidade. São muitas as opções de hotéis e pousadas, que ainda oferecem mimos especiais aos casais, como decorações nos quartos, como é o caso da Pousada Família Jantonio, o Hotel Fazenda Floresta do Lago e a Pousada Pompeia, e espumante, que está incluído nos pacotes dos hotéis fazenda Campo dos Sonhos e Parque dos Sonhos, no Hotel Recanto da Cachoeira, que completa a experiência com uma cesta com frutas, chocolate e outros petit fours,e no soft camping da Pedra Bela Vista, que também oferece uma cesta com frutas.

Já os Chalés Santa Catarina servem o café da manhã no quarto e presenteiam os casais com kits da L’Occitane, massagens relaxantes de 30 minutos e uma Chandon Baby. O Hotel Fazenda 7 Belo proporciona um brinde com uma garrafa de champanhe de cortesia, assim como o Grínberg’s Village Hotel, que além da bebida também coloca à disposição uma linda cesta com frutas e flores, e a Pousada A Mata Que Canta, que inclui uma tábua com queijos, frios, frutas e chocolate. Por fim, a Pousada Igarapé decora o ambiente com velas e oferece uma garrafa de vinho e morangos com chocolate para uma noite bem romântica.

Mais informações sobre Socorro podem ser obtidas em www.socorro.tur.br.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

24/06/2019

Nas férias, museu leva crianças a uma volta ao passado do cinema nacional

Vida e obra de Amácio Mazzaropi são contadas com a ajuda de 20 mil itens. Acervo fica em Taubaté, no mesmo espaço onde filmes eram produzidos

Com a chegada das férias de julho não faltam às crianças opções para aproveitar o tempo livre de aulas. Uma alternativa aos sempre sedutores eletrônicos é embarcar numa jornada a fim de conhecer um capítulo importante da história do cinema brasileiro: a vida e a obra de Amácio Mazzaropi, campeão de bilheteria em um tempo em que a televisão ainda engatinhava.

Novidade nos Brasil dos anos 1950, a TV também fez parte da vida do artista, que teve no rádio e no circo suas principais escolas antes de estourar nas telonas. A trajetória do astro de mais de 30 filmes é narrada com a ajuda dos 20 mil itens que integram o acervo do Museu Mazzaropi, em Taubaté, a aproximadamente 140 quilômetros da cidade de São Paulo.

A despeito do sobrenome italiano, na vida artística Mazzaropi sempre encarnou a figura do homem simplório do Brasil rural, imortalizado pelo personagem Jeca. No museu, fotos, objetos de cena e pôsteres reconstroem de modo afetivo a vida desse tipo caboclo, sempre às voltas com confusões. Pesadas câmeras e grandes equipamentos de som e edição dão às crianças uma noção de como era a tecnologia disponível para fazer filmes na metade do século 20.

Amigo pessoal do cineasta, João Roman Júnior criou o museu em 1992, no mesmo espaço ocupado pelos estúdios da produtora que Mazzaropi fundou para rodar seus filmes. Um cinema preocupado apenas em divertir mesmo focando em temas como religião e preconceito. Herói sem capa, Mazzaropi lutou nas telas contra poderosos, contra a discriminação, fazendo do humor seu superpoder.

O museu funciona dentro da propriedade onde fica o Hotel Fazenda Mazzaropi, que tem 146 apartamentos, parquinhos, pedalinhos, monitoria infantil, sala de massagem, sauna a vapor, quatro piscinas, vôlei de areia, campos de futebol e de minigolfe, quadras poliesportivas, quadras de tênis e salão de jogos.

Mais informações sobre o museu podem ser obtidas no site https://museumazzaropi.org.br ou no telefone (012) 3634.3447. Para o hotel, acesse o site www.mazzaropi.com.br ou entre em contato no telefone (12) 3634.3400.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

19/06/2019

Com gêiseres e lagoas a 4.000 metros, o Deserto do Atacama é um destino inesquecível

Paisagens alternam formações rochosas e águas termais. Programas da Françatur incluem só o destino chileno ou acrescentam o Salar de Uyuni, na Bolívia

Os mais altos desertos do planeta; um deles de sal. Lagoas a cerca de 4.000 metros do nível do mar. Formações rochosas, gêiseres, flamingos. O Deserto do Atacama (Chile) e o Salar de Uyuni (Bolívia) impressionam tanto que até parecem pinturas. A viagem pode incluir os dois lugares de uma só vez ou se concentrar apenas no destino chileno nos pacotes da operadora Françatur.

Acordar cedo é essencial para aproveitar um dos principais atrativos do Atacama, o Geiser del Tatio, a 4.320 metros de altitude. Nesse campo geotérmico, o vapor brota da terra dando origem a uma misteriosa composição. Banhe-se na água quentinha das piscinas termais, antes de retornar a San Pedro do Atacama, a mais conhecida das pequenas cidades e aldeias da região. Em Toconao, outra delas, compre produtos com pedra vulcânica ou lã de lhama. O animal da América do Sul é bem comum no Atacama.

Mas também estão no deserto chileno flamingos com suas penas rosadas. Podem ser vistos na Laguna de Chaxa e no Salar do Atacama, a 2.305 metros do nível do mar. Altitude bem maior têm as Lagoas Altiplânicas, a cerca de 4.150 metros. Certamente não vai se esquecer da emoção de ver o espelho d’água com vulcões refletidos nas lagunas Miscanti e Miñiques.

O Atacama apresenta uma sucessão incrível de paisagens. No passeio para o Vale da Lua e para o Vale da Morte, dois clássicos imperdíveis, a variedade vai das Três Marias em estátuas de sal a formações rochosas como a chamada de Anfiteatro. Ver o pôr do sol do alto de uma duna de areia coroa um dia de exploração.

Com o pacote da Françatur é possível desfrutar do deserto com passeios durante as manhãs e tardes e, ao final do dia, retornar ao hotel Tierra Atacama, que oferece um excelente quarto, elaborados pratos da culinária regional, tratamentos relaxantes no spa e descanso na hidromassagem ao ar livre bem diante do Vulcão Licancabur.

O destino no Chile pode ser combinado também com o igualmente impressionante Salar de Uyuni. A operadora oferece um roteiro com o deserto de sal, localizado já na Bolívia. Após cruzar a fronteira do país vizinho, o viajante se deslumbra com a beleza do Geiser Sol de Mañana e da Laguna Colorada e seus flamingos-de-james, menor espécie do animal, em seu habitat a 4.278 metros de altitude. O cenário do mais alto e maior deserto de sal do mundo, com aproximadamente 10.582 km² de superfície, é mesmo fantástico.

Mais informações podem ser obtidas no site www.francatur.com.br, nas redes sociais @francaturturismo e nos telefones (11) 3149-3163 ou (21) 2102-2440.

Sobre a Françatur

No mercado de turismo desde 1996, a Françatur é especializada em França, mas também comercializa roteiros a outros países da Europa, África, Oriente Médio e América Latina, sejam individuais (personalizados) ou em grupo. Há ainda viagens temáticas como de lua de mel, luxo, enologia, gastronomia, esportes, família e religião.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

18/06/2019

Festival de Campos do Jordão une música clássica e artistas famosos

Amigo do evento, o Hotel Vila Inglesa fica perto do Capivari, onde se apresentam nomes como Mônica Salmaso, Diogo Nogueira e Carlinhos Brown

A cada meio de ano, já é tradição em São Paulo subir a serra para o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão. Em 2019, o ritual ganha uma razão a mais: a 50ª edição do evento, com novidades. O mais importante festival de música clássica da América Latina, realizado entre 29 de junho e 28 de julho, contará também com a participação de artistas de repertório popular. Nomes como Diogo Nogueira, Lenine, Toquinho e Carlinhos Brown se apresentarão gratuitamente, na Praça do Capivari.

Situado a menos de 4 quilômetros desse agitado centrinho, o Hotel Vila Inglesa é indicado para quem busca ficar perto de um dos principais palcos do evento, mas também deseja sentir a paz de estar em meio ao verde da Mantiqueira, sempre com um serviço impecável à disposição — reservas e informações no site www.hotelvilainglesa.com.br ou telefone (12) 3669.5000.

Na Praça do Capivari, nos sábados da programação, a Jazz Sinfônica recebe convidados como Toquinho (13 de julho) e Lenine (20 de julho), sempre em shows às 16h30. Em 29 de junho, sob a regência de Nelson Ayres, a orquestra sobe ao palco com Mônica Salmaso para abrir o festival. Eles mostram ao público diversas canções de Chico Buarque e Edu Lobo; entre elas, Valsa Brasileira, com arranjo de Ayres. Músicas como Vermelho e Ave Maria estão no repertório de Fafá de Belém, convidada da Jazz Sinfônica para o sábado seguinte (6 de julho). Carlinhos Brown se apresenta em um domingo com a orquestra: 30 de junho, às 11h30. Todos os show são no Capivari e gratuitos, como a maior parte das mais de 100 apresentações desta 50ª edição.

Realizado pelo Ministério da Cidadania, pelo governo do Estado de São Paulo, pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa e pela Fundação Osesp, o festival reúne solistas nacionais e internacionais, grupos de câmara e orquestras de São Paulo e de outros Estados. Em parceria com a iniciativa privada, esta edição comemorativa tem investimento superior a R$ 6 milhões, praticamente o dobro do total destinado nos últimos dois anos.

Espera-se que o festival leve até 150 mil pessoas à cidade na serra. Em palcos que se dividem entre Campos do Jordão e a capital paulista (na Sala São Paulo), o evento presta homenagem a músicos importantes da sua história, como os maestros João Carlos Martins, Eleazar de Carvalho e Roberto Minczuk.

Se a ideia for passar o dia aproveitando o Vila Inglesa, empreendimento Amigo do festival, a infraestrutura dispõe de sauna e piscina (aquecida e envidraçada), ambas com vista para a paisagem no entorno. Um jantar no restaurante Moya ou uma cerveja artesanal no Bar da Torre pode ajudar a aquecer a noite de inverno, antes das apresentações no Auditório Claudio Santoro, às 20h30. Em 11 de julho, o pianista Nelson Freire executa obras de Schumann e Chopin.

Lá, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) abre o festival, em 29 de junho. O concerto tem Marin Alsop de regente e Paulo Szot de barítono. A Osesp volta à cena em 28 de julho, em uma apresentação gratuita, às 16h30. Com Wagner Polistchuk na regência, a orquestra apresenta a famosa Sinfonia nº 5 em dó menor, Op. 67, de Beethoven, obras de Heitor Villa-Lobos e outras escolhidas pelo público pela internet, para encerrar a 50ª edição do evento, na Praça do Capivari.

Mais informações sobre o festival em http://www.festivalcamposdojordao.org.br/.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

18/06/2019

Perto de Santiago, reúna gastronomia, tour em vinhedos e degustação

Passeios no hotel La Casona mostram a produção da Vinícola Matetic. Novo menu do restaurante Equilibrio dá mais um toque gourmet à culinária chilena

O dia pode começar com um tour entre vinhedos, seguir para conhecer a agricultura biodinâmica e, então, degustar na taça o resultado do cultivo. Depois, é provar a culinária chilena em receitas que unem ingredientes locais a um lento preparo para realçar seu sabor. Distantes de Santiago apenas 1h20 de carro, a premiada Vinícola Matetic e seu hotel-boutique, La Casona, são uma escapada com comodidade e gastronomia. Dentro da propriedade, o restaurante Equilibrio traz novo menu para a temporada de inverno, mantendo o respeito à cozinha regional com tratamento gourmet aos pratos.

Localizada no Vale do Rosário, a Matetic dispõe de 9.000 hectares para serem apreciados. No outono e no inverno, é possível ver animais soltos entre os vinhedos durante passeios a cavalo ou de bicicleta. Prefere algo mais tranquilo? Há excursões a pé e até uma realizada com van. Os tours com degustação mostram a agricultura orgânica e biodinâmica adotada na Matetic e apresentam seus rótulos.

Diariamente há quatro saídas, que variam de acordo com a linha de vinho a ser degustado — Corralillo ou EQ — e o idioma falado na visita guiada, que pode ser espanhol ou inglês. Na loja El Emporio estão à venda vinhos variados, assim como produtos regionais feitos de lã. Além de comprar as garrafas, pode-se provar diferentes versões da bebida no espaço, que funciona também como wine bar.

Depois de explorar o ambiente externo, é hora de se sentar e relaxar com uma boa taça. O clima desta época do ano pede um tinto; prove Syrah, Pinot Noir ou Carménère. Seja qual for a escolha, todos são garantia de excelente qualidade. Pioneira no cultivo da varietal Syrah, a Matetic teve agora seu Carménère eleito pela revista CAV, do chileno Club de Amantes del Vino, como o melhor do Chile.

No restaurante Equilibrio pode-se pedir, ainda, o Late Harvest Corralillo, nobre rótulo da Matetic servido de forma exclusiva. Para o novo cardápio, a chef Gloria Silva manteve clássicos como a Plateada (carne levada ao forno por muitas horas, acompanhada de batatas amassadas com azeitona, alho e coentro) e a Pesca del Día (peixe crocante, com batatas fritas e salada).

Entre as novidades se destaca o Chuletón de Res, capa de contrafilé de gado Angus do sul do Chile. O osso é mantido no corte, detalhe fundamental para o paladar. O prato acompanha batatas assadas com alecrim e confit de cebola ao Pinot Noir.

O menu atual segue valorizando os alimentos fornecidos por produtores da região — camarões e pescados, por exemplo, saem da área litorânea de San Antonio, a mais próxima do Vale do Rosário, para garantir seu frescor. As receitas, no entanto, ganham mais possibilidades nos processos. O método sous-vide, que usa embalagem a vácuo e cozimento a baixa temperatura por um tempo maior do que o usual, permite trazer todo o sabor do ingrediente até o prato final. A técnica é aplicada a um dos sucessos do restaurante, mantido entre as pedidas: o Asado de Tira, costela bovina grelhada com Syrah e escoltada por espaguete ao molho de tomate e ervas frescas.

Como o hotel-boutique La Casona está próximo de Santiago, uma hospedagem ali pode ser facilmente combinada com uma passagem pela capital chilena e até com um destino de neve no país. Os 10 apartamentos, voltados para os vinhedos e para os jardins, têm nomes de castas de uvas. Nada mais inspirador.

Informações sobre o La Casona e a Vinícola Matetic podem ser obtidas em www.matetic.com, no telefone (+56) 22611-1520, nas redes sociais @mateticvineyards, no e-mail reservas@mateticwg.com ou com os principais operadores e agências de turismo brasileiros.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

17/06/2019

5 lugares imperdíveis em Londres, na região de Marylebone

Veja sugestões para passear, ver shows, fazer compras, desfrutar de alta gastronomia e até visitar Sherlock Holmes, tudo perto do elegante hotel The Arch

Comer bem, passear e fazer compras são pilares do planejamento do viajante. Quando se agrega um hotel de boa localização, a experiência tende a ser completa. Ainda mais se toda essa comodidade incluir as confortáveis instalações de um hotel-boutique. O The Arch London, na elegante área residencial de Marylebone, já traz no nome uma referência a um dos monumentos dessa região: o Marble Arch, nas redondezas do hotel, foi projetado em 1827 para ser a entrada do Palácio de Buckingham e, em 1851, foi realocado para o Hyde Park, onde está até hoje.

Veja abaixo cinco outras sugestões de passeios perto do cinco-estrelas:

1. Hyde Park: para relaxar ao ar livre

Comece o dia exercitando-se na maior área verde da capital inglesa, onde jardins bem cuidados são um estímulo visual durante uma corrida ou caminhada. No Hyde Park, os canteiros de rosas florescem duas vezes ao ano, mas no início do verão se revelam em todo seu esplendor. Outra tradição do parque são os concertos, que nos últimos 50 anos proporcionaram apresentações memoráveis, de Rolling Stones ao tenor Luciano Pavarotti.

2. Orrery: para provar novos sabores

A inspiração de Igor Tymchyshyn está intimamente conectada à sazonalidade e ao frescor dos alimentos que ele próprio procura nos mercados londrinos. Dono de uma estrela Michelin, o acento francês do Orrery está na proposta de uma cozinha dotada de técnica, mas sem truques. Aberto em 1997, o restaurante da Marylebone High Street passou por uma recente reformulação, que lhe imprimiu à decoração tons e texturas inspirados no sul da França.

3. Marylebone High Street: para fazer compras

Vista pelos próprios londrinos como um refúgio em meio à agitada Oxford Street, a Marylebone High Street apresenta um circuito de compras menos concorrido, mas igualmente interessante à da rua vizinha. Inspire-se com a eclética coleção de interiores proposta pela The Conran Shop, especialista em design e decoração. Especializada em guias de viagem, a Daunt Books exibe grande variedade de títulos de cada destino.

4. Royal Albert Hall: para ver grandes shows

A principal sala de concertos de Londres é também um espetáculo arquitetônico de estilo vitoriano a ser admirado por fora. Perto de completar 150 anos de história, o Royal Albert Hall é palco para apresentações de balé, de música clássica, de rock e de pop. Para entender sua magnitude, basta dizer que neste espaço o primeiro-ministro britânico Winston Churchill discursou, o boxeador Muhammad Ali foi homenageado como esportista do século e Sir Elton John tocou em prol da caridade diversas vezes.

5. Museu Sherlock Holmes: para viver a ficção

Dos muitos endereços emblemáticos da capital inglesa, o 221b da Baker Street ganhou fama mundial por causa da literatura. Nele morava o célebre detetive Sherlock Holmes, personagem criado no século 19 pelo médico e escritor Sir Arthur Conan Doyle. Em estilo vitoriano, a conservada construção hoje abriga um museu aberto diariamente à visitação. Mobiliário, roupas e objetos dão a sensação de que um dos ícones do romance policial de fato existiu. É possível levar uma lembrança dessa visita? Elementar, meu caro viajante. Na lojinha do museu, há de bules de chá ao inconfundível chapéu que Holmes usava.

Após os passeios, o The Arch completa a experiência em Londres ao oferecer serviços impecáveis. Os seus 82 apartamentos são aconchegantes e ideais para acomodar toda a família. Para garantir uma imersão completa à cultura local, todo o hotel é cuidadosamente decorado com peças de arte britânica. Vale destacar o tradicional chá da tarde servido em louças finas para que o hóspede se sinta parte da realeza.

Durante o verão, há duas opções de pacotes, que valem de 1º de junho a 8 de setembro. O “Summer In The City” inclui café da manhã, cesta de piquenique para duas pessoas e um crédito de 25 libras para uso em drinques. Já o “Summer Offer” oferece um desconto de 20% sobre a menor tarifa disponível. Ambos também permitem o consumo de bebidas não alcoólicas do frigobar, uso livre da máquina de Nespresso e de chá e também do Wi-Fi. Os preços podem ser consultados em www.thearchlondon.com.

The Arch London é representado no Brasil pela Key Partners (www.keypartners.com.br), de Sylvia Leimann.

AD Comunicação & Marketing

+ 55 (11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

14/06/2019

48 horas de adrenalina nas férias em Park City, no verão americano

Roteiro com muito esporte na natureza e atividades ao ar livre mostra que a cidade no Estado de Utah tem emoção de sobra para quem gosta de aventura

Park City prova que sua porção radical não descansa quando esqui e snowboard saem de cena. A cidade americana — famosa como destino de esportes de neve devido às suas duas estações, Deer Valley e Park City Mountain — renova quem tem sede por adrenalina com caminhadas e esportes aquáticos em áreas preservadas e até voos de balão. A região está localizada a apenas 35 minutos do aeroporto de Salt Lake City, capital do Estado de Utah, de onde chegam voos de diferentes partes dos Estados Unidos, como Atlanta, Nova York, Dallas e Houston.

1º Dia

No primeiro dia, a aventura começa cedo no Deer Valley Plaza Lake, onde o viajante terá aulas de stand up paddle e surfe oferecidas pela Park City SUP. Também é possível praticar os esportes na Represa de Jordanelle, que fica a aproximadamente dez minutos de carro do centro da cidade. De lá, pode-se seguir para o Park City Mountain para dar uma volta na Alpine Coaster, uma montanha-russa em meio as montanhas.

Para quem viaja com crianças, uma opção é visitar o Parque Olímpico de Utah, com atividades como circuitos de arvorismo, tirolesas, tubing e passeios cênicos de meios de elevação. A melhor maneira de curtir todas as experiências é adquirindo o Gold Day Pass.

Livre do calor, volte à cidade de Park City para desfrutar da boa comida e das atrações da Main Street, a famosa rua principal, onde tudo acontece. Marque um jantar com a família ou amigos no restaurante Riverhorse, que conta com um lindo pátio externo, e aproveite para assistir ao pôr do sol em seu deck superior com vista para as montanhas.

2º Dia

O segundo dia começa bem cedo para garantir o melhor da paisagem no voo de balão. É a chance para descobrir a região do alto, ver a vida selvagem de um ângulo privilegiado e encantar-se com a cadeia montanhosa do Wasatch Mountain State Park. À tarde, alugue uma bicicleta elétrica para passear com facilidade pelas trilhas de Park City até chegar ao Silly Sunday Market, tradicional mercado que ocupa a Main Street aos domingos, durante o verão, oferecendo arte, música, artesanato e produtos gourmet fabricados localmente aos visitantes.

Termine o dia com um piquenique no gramado do anfiteatro do Snow Park Lodge, localizado dentro de Deer Valley, onde acontecem concertos musicais, incluindo performances de artistas mundialmente conhecidos, como Jason Mraz.

Após conhecer Park City

Guarde fôlego porque tem mais a ser visto quando for seguir viagem. Depois de explorar as atrações de Park City é só escolher se quer se aventurar rumo ao norte ou ao sul: a cidade no Estado de Utah está entre diversos parques nacionais americanos, distantes entre quatro e cinco horas de carro.

Descendo o mapa, o Arches National Park foi assim batizado por reunir inacreditáveis 2.000 arcos em pedra natural. O tom avermelhado das rochas e a paisagem desértica também são características de Canyonlands, parque nacional cujo território foi todo esculpido pelo Rio Colorado e seus afluentes.

Ao Norte, a exuberante cordilheira do Grand Teton National Park resguarda cerca de 300 quilômetros de trilhas e lagos cristalinos. E não muito distante dali, uma rica fauna e o fenômeno raro dos gêiseres dão ao Yellowstone National Park fama internacional, tendo servido de inspiração para o fictício Parque Jellystone, lar do personagem de desenho animado Zé Colmeia.

Sobre a cidade

Park City, em Utah, é um dos destinos montanhosos mais acessíveis dos Estados Unidos, localizado a apenas 35 minutos do Aeroporto Internacional de Salt Lake City. Há mais de 100 opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos, duas estações de esqui – Park City Mountain e Deer Valley –, cerca de 640 km de trilhas públicas e dezenas de restaurantes e lojas, além de outlets. A cidade também é palco do tradicional festival de cinema independente Sundance. Mais informações sobre Park City em www.visitparkcity.com.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

14/06/2019

Férias de julho em Campos do Jordão, entre agito e tranquilidade

Hotel Vila Inglesa, pertinho do Capivari, fica entre araucárias e conta com piscina aquecida e coberta. Recreação infantil mescla atividades lúdicas e radicais

O inverno derruba a temperatura nos termômetros e levanta o burburinho em Campos do Jordão. Julho é a época para estar na cidade da serra paulista. Ruas animadas, muito verde e cartões-postais para explorar na região, como a Pedra do Baú, na vizinha São Bento do Sapucaí. Quando o tanto de movimento for suficiente, instalações completas em meio ao ar puro da Mantiqueira esperam os viajantes no Hotel Vila Inglesa.

Perto do centrinho do Capivari, localizado a menos de 4 quilômetros, o Vila Inglesa possibilita essa mobilidade entre uma agitada Campos do Jordão e momentos de total tranquilidade. Isso pode ser sentido em uma sessão de massagem ou na sauna voltada para o verde, visível através de sua parede transparente. A piscina aquecida com cobertura de vidro também encoraja a um mergulho no inverno.

Muito frio para a garotada? A recreação infantil recebe atenção especial no Vila Inglesa, empreendimento dos mesmos administradores do Hotel Fazenda Mazzaropi, indicado para viagens com crianças. Os pequenos se divertem com uma programação que mistura atividades lúdicas e radicais. Oficina de arte, parquinho e voltinhas de charrete se alternam com arvorismo, tirolesa e cavalgada. A família inteira pode se reunir em um piquenique próximo a hortênsias e outras flores dos belos jardins.

Para um programa na cidade, pais e filhos podem assistir juntos a um dos espetáculos do tradicional Festival de Inverno. Tanto a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo quanto o coro infantil da Osesp fazem parte da programação do evento, que em 2019 chega à sua 50ª edição, realizada entre 29 de junho e 28 de julho. No retorno ao hotel, dá para fazer uma parada no Capivari para passear entre chocolaterias, restaurantes, bares e lojas de grife.

Sobre o hotel Vila Inglesa

Cercado pela vegetação típica da Serra da Mantiqueira, o Hotel Vila Inglesa é uma das melhores opções de hospedagem em Campos do Jordão. Recebeu o certificado de excelência do site TripAdvisor em 2015, 2016, 2017, 2018 e 2019, é um dos cinco melhores hotéis para família na cidade segundo o extinto Guia 4 Rodas e também possui o selo Folha Verde de Hospedagem Sustentável.

Dos mesmos administradores do premiado Hotel Fazenda Mazzaropi, o hotel é ícone de elegância e sofisticação no município do interior de São Paulo e foi projetado pelo escritório de arquitetura Moya e Malfatti há mais de 60 anos. O estilo da construção, característico da região francesa da Normandia, mescla diversas referências arquitetônicas e se tornou marca registrada do charme de Campos do Jordão: construções europeias combinadas à natureza.

A infraestrutura atende a hóspedes de todas as idades. Há quadras de tênis e vôlei, academia, salas de estar, leitura e jogos, restaurante e o elegante Bar da Torre. A programação de lazer também é completa. Além de brincadeiras diversas com a equipe de monitores, é possível visitar a horta e o pomar.

Para completar, os 37 apartamentos seguem um alto padrão de hospitalidade, com amenities da L’Occitane e aquecedor de toalhas mesmo nos quartos standard. Os dormitórios premium têm terraço com vista para as montanhas e banheira com hidromassagem, perfeitos para completar a atmosfera relaxante e tranquila.

Reservas e mais informações podem ser obtidas no site www.hotelvilainglesa.com.br ou telefone (12) 3669.5000.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

13/06/2019

Aula prática de biologia no coração da Amazônia

Ficar frente a frente com um jacaré e colocar a mão em um formigueiro são parte da aventura no Juma Amazon Lodge. Hotel promove expedições à selva com guias nativos

Poucas experiências na vida podem ser tão enriquecedoras quanto uma imersão na Floresta Amazônica, um dos cenários mais privilegiados do planeta em matéria de biodiversidade. Na companhia de monitores especializados, embrenhar-se mata adentro e conhecer de perto sua fauna é uma aventura cercada de ensinamentos e descobertas, ainda mais para quem vive o dia a dia apressado das zonas urbanas.

A proposta do Juma Amazon Lodge (www.jumalodge.com.br) é oferecer essa vivência real na Região Norte do Brasil. Para cada pacote de noites, diferentes passeios estão incluídos. Crianças e adultos são estimulados a conhecer hábitos e características dos animais que habitam o entorno deste hotel de selva, localizado a 100 quilômetros de Manaus. Diariamente, pequenos grupos de hóspedes são levados por guias locais para verdadeiras aulas de biologia a céu aberto.

A interação é estimulada dentro de um processo de troca e de aprendizagem. Uma pescaria não se limita a fisgar o peixe, mas é também a chance de saboreá-lo em um jantar preparado à moda amazônica. Atividade noturna, a focagem de jacaré é uma expedição única, feita em meio à navegação no rio. Além de observado a distância, o réptil é trazido pelo guia para dentro do barco, para que os turistas possam ver de perto o animal antes de ele ser devolvido em segurança à natureza.

Nativos, os monitores do Juma Amazon Lodge ensinam a ter contato com os bichos sem oferecer riscos às espécies, seja na observação de pássaros ou botos. A riqueza de sua fauna e flora faz da Amazônia uma espécie de farmácia à qual as populações indígenas recorrem com sabedoria. Durante uma caminhada matinal pela floresta, o hóspede é orientado a botar a mão no local onde vivem formigas tapibas e esfregá-las contra o corpo em seguida. Quando esmagadas, elas liberam um odor que age como repelente natural contra outros insetos. Vale ressaltar, no entanto, que praticamente não se encontra mosquitos na região, devido à água ácida dos rios. 

Os dias no Juma Lodge são norteados pelo espírito de aventura e pela curiosidade, principalmente das crianças. Elas costumam ficar animadas com as visitas dos simpáticos e espertos macacos barrigudos. Diariamente, eles trocam o alto das árvores pelas passarelas que conectam todas as dependências do hotel, momento em que é possível ficar mais perto dos animais e registrar o inusitado encontro em fotos.

Reservas e mais informações podem ser obtidas no site www.jumalodge.com.br, telefone (92) 3232-2707 ou e.mail reservas@jumalodge.com.br.

Sobre o Juma Amazon Lodge

Em uma área de 7.000 hectares, o Juma Amazon Lodge foi erguido sobre palafitas, mesmo método usado pela população ribeirinha da Amazônia para construir suas casas. As instalações do hotel estão resguardadas pelas árvores, a 15 metros de altura, nível máximo atingido pelo rio no período da cheia. Alinhado com o conceito de sustentabilidade, o Juma Amazon Lodge adota práticas como uso de energia solar e reciclagem.

Os hóspedes podem escolher entre 19 bangalôs, sempre com rede na varanda, água quente e ventilador. Praticidade é o destaque das seis unidades, com 40,5 m² de área, voltadas para a floresta. Perto da recepção e vizinhas entre si, atendem bem casais com crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida. Se a ideia for ter mais privacidade, o viajante pode ficar em um dos 12 quartos, de 32 m² e com vista para o Rio Juma. Para uma viagem repleta em exclusividade, os 96 m² do bangalô panorâmico incluem cama king-size e varanda que contorna a acomodação, proporcionando um impressionante visual.

O restaurante do Juma Amazon Lodge agrada tanto aos adeptos da culinária internacional quanto aos que buscam experimentar os sabores e aromas amazônicos. O hotel tem ainda um pequeno bar, um redário, uma piscina que utiliza a água do próprio rio e um deck que convida à utilização do telescópio profissional para apreciar o céu nas noites estreladas da Amazônia.

Mais informações podem ser obtidas em www.jumalodge.com.br ou telefone (92) 3232.2707.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

12/06/2019

7 atrações históricas para visitar em Socorro (SP)

Ao planejar uma viagem para a região da Serra da Mantiqueira, logo vem à cabeça as suas belas paisagens naturais compostas por montanhas e florestas. Mas em Socorro, no interior do Estado de São Paulo, não há apenas atividades ligadas ao ecoturismo. Quem chega à praça principal da cidade se depara com encantadores casarões do início do século XX, que mostram parte da beleza histórica e cultural que o destino conserva.

E para garantir que todos tenham uma ótima experiência, grande parte dos pontos turísticos são acessíveis a pessoas com deficiência, mobilidade reduzida, gestantes, idosos e crianças.

Abaixo, confira uma lista com atrações históricas imperdíveis para visitar em Socorro:

Igreja Matriz

Parada obrigatória, principalmente para quem aprecia arquitetura. A Igreja Matriz está localizada na praça de mesmo nome, no centro da cidade. Foi concluída em 1924, tem estilo eclético com alvenaria de tijolos e vitrais coloridos em suas janelas, que foram doados por famílias socorrenses.

Cine Cavaliere Orlandi

Uma volta ao tempo é o que o Cine Cavaliere Orlandi proporciona a quem o visita. O seu visual clássico de estilo retrô contrasta com a alta tecnologia dos convencionais cinemas.

Museu Municipal

Toda a história de Socorro é cuidadosamente preservada em seu Museu Municipal. O prédio, com estilo colonial, foi o primeiro sobrado construído na cidade. O piso térreo é feito de taipa de pilão e o andar superior de pau-a-pique. Já foi a sede da Prefeitura, abrigou a Delegacia, o Fórum e até mesmo a Câmara dos Vereadores. Hoje, é nele onde estão arquivados os objetos e documentos do destino.

Palácio das Águias

As paredes externas em tom cor-de-rosa pastel do casarão que abriga o Palácio das Águias atraem os turistas de longe. O seu nome foi inspirado no Palácio do Catete, antiga sede do Governo Federal no Rio de Janeiro. O local já abrigou a Prefeitura de Socorro e hoje é onde fica a Biblioteca Municipal.

Fazenda 7 Senhoras

Pouca coisa representa mais a história do Estado de São Paulo do que a cultura cafeeira. E só de pensar no verdadeiro sabor do café caipira já dá água na boca! Na visita à Fazenda 7 Senhoras, além de aprenderem sobre o processo de torra e os métodos de preparação, os visitantes podem passear pela plantação e degustar um café fresquinho.

Fazenda Sant’Ana

São raros os locais de São Paulo que oferecem a oportunidade de visitar uma tulha construída em 1898. A Fazenda Sant’Ana conserva um museu na que fica localizada em sua propriedade, reunindo diversas peças do final do século XIX, como móveis e louças. Além disso, oferece um espaço tranquilo para contemplação da natureza.

Maria Fumaça 208

Até os anos 60, a Maria Fumaça 208 era uma das principais formas de locomoção dos socorrenses. Em 2017, o transporte voltou ao seu lugar de origem, onde passou a ficar em exposição, sendo um dos principais itens históricos da região.

Todos estes pontos turísticos estão contemplados nos roteiros das principais agências receptivas de Socorro: Mundaka Aventura (19) 99933-5961, PróximAventura (19) 99906-7544, Reis Turismo (19) 99898-9893 e Rios de Aventura (19) 99935-7179.

Para mais informações acesse www.socorro.tur.br.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

11/06/2019

No Chile, faça de caminhada na neve a esqui na encosta do vulcão

Hotel Antumalal, em Pucón, organiza atividades para viajantes contemplarem a beleza natural de perto

Durante o inverno chileno, a combinação entre uma suíte aconchegante, o calor da lareira e um gole de um bom tinto soa perfeita para os que escolhem passar alguns dias no Hotel Antumalal, em Pucón. Instalado em uma encosta às margens do Lago Villarrica, o projeto arquitetônico apostou em grandes janelas para contemplação da natureza a partir de todos os seus ambientes. E nada impede de se adicionar um pouco de movimento à viagem, aproveitando as opções de atividades envolvendo neve. 

O Antumalal organiza caminhadas até as bases dos vulcões Villarrica ou Lanin. Realizada com bastões e raquetes de neve, a excursão está disponível na agência do hotel. Inclui traslados, guia, ingressos e equipamentos necessários para o passeio. É indicado até para quem não tem familiaridade com o esporte.

Esquiadores e snowboarders de nível intermediário ou profissional se encaixam no perfil do ski tour. Com dez horas de duração, o passeio leva os aventureiros ao cume do vulcão Villarrica, de onde se tem uma linda visão da paisagem local. Os trajetos de descida variam entre 1.300 e 1.600 metros verticais. Para os iniciantes, o hotel oferece um tour exclusivo de helicóptero para sobrevoar a cratera do vulcão.

Longe da neve, mas ainda aliando esporte ao turismo, a caminhada no Parque Nacional Villarrica é uma jornada em meio à floresta situada aos pés do vulcão mais ativo do Chile.

Sentindo-se realizado após as aventuras na neve, volte ao Antumalal e complete a experiência relaxando na piscina aquecida com vista para o vale ou na sauna do Spa Antumaco, que conta ainda com uma lareira para aquecer o ambiente, presente também em cada uma das acomodações. Em seguida, aproveite para repor a energia com uma boa refeição no conceituado restaurante do hotel antes de descansar e despertar para apreciar novamente o cenário deslumbrante. Pela janela ou ao vivo.

O pacote de inverno, válido de 1º de julho a 14 de outubro de 2019, inclui três noites de hospedagem, café da manhã, um almoço ou jantar para cada hóspede por dia, uma excursão com raquetes de neve no vulcão Villarrica, um tour de meio dia a termas locais e uma massagem relaxante no Spa Antumaco. O preço sai a partir de US$ 655 por pessoa em suíte familiar ou chalé e US$ 740 por pessoa em apartamento duplo.  

Sobre o Antumalal

Situado a apenas dois quilômetros do centro de Pucón, o Antumalal surpreende por sua arquitetura. Erguido entre jardins, terraços e cachoeiras, cercado por rochas vulcânicas, se integra à natureza e permite aos hóspedes que se desliguem de suas rotinas.

O hotel foi projetado nos anos 1940 pelo arquiteto chileno Jorge Elton, influenciado pelo estilo da Bauhaus, escola alemã de vanguarda na arquitetura, tendo sido planejado para se encaixar harmoniosamente no cenário natural que o cerca. Para sua construção, nenhuma árvore pode ser cortada ou tocada. Assim, o edifício foi entalhado e integrado ao entorno, feito com materiais como concreto, madeira, ferro e vidro. O resultado é um cenário de cartão-postal.

Todos os doze apartamentos, as três suítes e os quatro chalés oferecem vistas espetaculares do Parque e do Lago Villarrica, graças às janelas panorâmicas, e possuem paredes revestidas de araucárias chilenas, calefação e lareira.

Outros serviços do hotel que se destacam pela qualidade são o Restaurante Parque Antumalal, inaugurado em 1950 e até hoje um dos mais tradicionais de Pucón, e o Spa Antumaco. Envolto por uma paisagem encantadora, oferece aos hóspedes diversos tratamentos como massagem descontraturante e reflexologia, além de terapias como Reiki e craniossacral.

Mais informações podem ser obtidas em www.antumalal.com ou com as melhores operadoras e agências de turismo brasileiras.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.8319/ 3862-5745

www.adcomunicacao.com.br