news

In this section you can find news about AD Comunicação & Marketing and press releases in Portuguese about our clients.

18/10/2019

Com atividades na terra ou na água, Pucón, no Chile, é destino versátil durante primavera e verão

Hóspedes do hotel Antumalal curtem a natureza através de passeios de rafting e catamarã ou de escaladas em vulcões

A natureza em Pucón é tão espetacular que presenteia o viajante com diferentes atividades a cada estação no destino chileno. Na primavera e no verão, é possível fazer passeios como rafting, pesca e escalada, disponíveis para quem fica no hotel Antumalal. Todos oferecem a oportunidade única de desfrutar do deslumbrante cenário local, uma incrível combinação de vulcões, lagos, cachoeiras, montanhas e águas termais.

Na água, ideal para as famílias, o passeio de catamarã no Lago Villarrica proporciona uma visão privilegiada do Vulcão Villarrica. Ao longo do tour, os viajantes são apresentados aos princípios básicos da navegação. Outra atividade mais contemplativa é a pesca com mosca. Não é preciso ter experiência tampouco equipamento. Um barco leva os pescadores até um ponto do rio onde é possível fisgar trutas arco-íris e marrons.

Os viajantes em busca de adrenalina podem experimentar o rafting em Pucón. A atividade, disponível para quem tem acima de 8 anos, é organizada em dois níveis de dificuldade. Iniciantes são levados até o trecho baixo do rio, com corredeiras de graus 2 e 3. Quem encara corredeiras de grau 4 (idade mínima de 14 anos) sai do lado oposto do rio, a parte alta. Nos dois passeios, além da emoção vivida na água, há cachoeiras e vulcões para apreciar na paisagem.

Na terra, os aventureiros com mais de 14 anos podem escalar o Vulcão Villarrica. Embora seja o mais ativo do continente, é constantemente desbravado em excursões seguras, graças à experiência dos guias locais. Estar em boa forma física é indispensável para conseguir subir e vislumbrar o cenário espetacular de lagos e montanhas. Já as crianças se divertem através de roteiros de caiaque em torno da península ou, para as com mais de 7 anos de idade, no circuito de arvorismo com tirolesa. 

De volta ao hotel, segue o contato com a bela paisagem de Pucón. Localizado à margem do Lago Villarrica, com o vulcão logo atrás, todo o edifício conta com grandes janelas panorâmicas, inclusive as habitações, por onde se observa os jardins da propriedade que se encontram em uma área de cinco hectares. A vista também pode ser contemplada do Spa Antumaco, tanto nas piscinas como na jacuzzi, e do Restaurante Parque Antumalal. Vale explorar todo o local através do mapa disponível na recepção, que indica as trilhas até os mirantes, praias, cais e horta. Ainda, cada hóspede pode contar com um serviço feito sob medida, que o faz se sentir em casa durante toda a estada.

Para informações e reservas, acesse www.antumalal.com.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.8319/ 3862-5745

www.adcomunicacao.com.br

17/10/2019

Hotel Vila Inglesa, em Campos do Jordão, oferece 15% de desconto durante novembro

Diárias para o casal saem a partir de R$ 808 durante a semana e R$ 924 no final de semana

Em novembro, Campos do Jordão é o destino certo para momentos de contemplação da natureza. Mesmo no fim da primavera, os jardins ainda estão coloridos com diversos tipos de flores e os dias ensolarados com poucas nuvens, o que permite uma visão sem obstrução das montanhas. A temperatura também é agradável, com média de 25ºC durante o dia e 16ºC durante a noite. É durante todo esse mês que o hotel Vila Inglesa, um dos mais tradicionais da cidade, oferece 15% de desconto em suas tarifas.

Durante a semana, de domingo a quinta-feira, a diária sai a partir de R$ 808 para o casal. Para o fim de semana, de sexta-feira a domingo, a diária, para quem fechar no mínimo duas noites, sai a partir de R$ 924 para o casal. Há cortesia para uma criança de até dois anos por apartamento.

O Vila Inglesa conta com atividades para todos. As famílias podem aproveitar a estrutura de lazer e realizar atividades ao ar livre como arvorismo, descidas de tirolesa, cavalgadas e passeios de bicicleta, triciclo ou charrete. O hotel também tem horta, estufa e pomar, onde as crianças têm a chance de ver de perto como são produzidos os legumes, frutas e temperos usados nos pratos servidos no restaurante Moya. Já os casais encontram momentos românticos a dois ao saborearem um bom vinho próximo à lareira ou na piscina aquecida e coberta com vista panorâmica para o vale. O dia pode terminar no Bar da Torre, que serve deliciosos drinques, alguns deles feitos com a premiada Cachaça Mazzaropi.

Mais informações sobre o Vila Inglesa podem ser obtidas no site www.hotelvilainglesa.com.br ou pelo telefone (12) 3669.5000.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

14/10/2019

A exuberância da floresta e a riqueza arquitetônica de Manaus nas férias de dezembro e janeiro

Prédios históricos do Ciclo da Borracha são ilustres vizinhos do Juma Ópera, novo hotel da capital do Amazonas. Dos mesmos proprietários, Juma Amazon Lodge oferece experiência única no coração da selva  

De um lado, a cidade, suas esquinas, seu passado e sua organização. De outro, a selva, cheia de segredos e encantos. Com a proximidade das férias de dezembro e janeiro, escolher Manaus como destino de viagem é unir o melhor desses dois mundos. A capital do Amazonas guarda um conjunto arquitetônico que reflete um dos períodos mais representativos da economia brasileira. E ainda é ponto de partida para uma jornada de descobertas pela floresta.

Heranças do Ciclo da Borracha, cujo o ápice se deu nos primeiros anos do século 20, edifícios como o Palácio Rio Negro, o Mercado Municipal e o Teatro Amazonas são até hoje pontos turísticos e símbolos da Paris dos Trópicos, como Manaus foi chamada durante sua urbanização moldada à francesa, ao gosto dos barões do látex. É também no coração desse Centro Histórico que está o Juma Ópera.

O mais novo hotel da capital amazonense resgata o esplendor de um edifício tombado pelo Patrimônio Histórico, erguido em meio ao período de prosperidade vivido pela cidade. Boa parte das linhas originais foi mantida pelo projeto arquitetônico, que procurou oferecer aos hóspedes visão desimpedida do vizinho mais ilustre: o Teatro Amazonas, cuja majestosa cúpula, composta por cerca de 36.000 peças esmaltadas, pode ser enxergada a partir da maioria dos quartos.

Áreas comuns também têm o teatro como pano de fundo, entre elas a academia, o restaurante — onde a chef Sofia Bendelak retoma a consagrada exploração dos produtos amazônicos em harmonia com técnicas e segredos da cozinha de vanguarda — e a piscina. Situada no rooftop, ela permite observar ao fundo a orla do Rio Negro.

O maior afluente da margem esquerda do Rio Amazonas é parte do caminho de quem segue rumo ao Juma Amazon Lodge, hotel de selva localizado a 100 quilômetros de Manaus. Na travessia que mescla trechos terrestres e fluviais, o hóspede passa pelo Encontro das Águas, famosa atração local, em que os rios Negro e Solimões se unem depois de correrem paralelamente por 6 quilômetros. O visitante pode perceber, de forma clara, a diferença de tonalidade e de temperatura entre eles.

Em uma área preservada de 7.000 hectares, o Juma Amazon Lodge foi construído sobre palafitas, respeitando método utilizado pela população ribeirinha da Amazônia ao construírem suas casas. Resguardados pelas copas das árvores, bangalôs e demais instalações ficam a 15 metros de altura, nível máximo atingido pelo rio no período da cheia.

Os dias de quem se hospeda no Juma Amazon Lodge são marcados pelo espírito de aventura. Em passeios pela mata e nas atividades de observação, crianças e adultos são estimulados a conhecer hábitos de animais e características da flora. Tudo na companhia de guias nativos, empenhados em revelar belezas e ensinar a preservar um dos mais importantes ecossistemas do mundo.

Da rica combinação entre selva e cidade, nasce uma viagem que exercita lições de história, de ciência e, principalmente, de cidadania.

Reservas e mais informações podem ser obtidas no site http://www.jumalodge.com.br/, telefone (92) 3232-2707 ou e.mail reservas@jumalodge.com.br.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.8319/3862-5745

www.adcomunicacao.com.br

11/10/2019

5 maneiras de economizar dinheiro durante as férias de inverno em Park City, Utah

A cidade de Park City, em Utah, EUA, é uma excelente opção de destino para quem gosta de esquiar ou fazer snowboard e quer aproveitar o inverno no Hemisfério Norte. A temporada de neve geralmente vai do final de novembro ao início de abril de cada ano e, apesar de ser alta temporada, há várias maneiras de economizar dinheiro para curtir a neve, considerada a melhor do mundo.

Para começar, a localização estratégica da cidade permite traslados rápidos e baratos a partir do Aeroporto Internacional de Salt Lake City, levando apenas 35 minutos. Pode-se optar por traslados, são muitas opções de empresas que oferecem o serviço em vans ou ônibus, ou ainda por um carro particular através dos aplicativos de transporte. Saiba mais em www.visitparkcity.com/plan-your-trip/transportation/.

Ao chegar lá, a hospedagem também não será um problema. São mais de 100 opções, das mais diversas categorias, entre hotéis de luxo como o Waldorf Astoria, hotéis econômicos como o Hyatt Place, lodges como o Sundial e até mesmo pousadas no sistema Bed & Breakfast como a Washington School House. Veja a lista completa em www.visitparkcity.com/places-to-stay/.

É muito fácil locomover-se entre as duas estações de esqui locais – Deer Valley e Park City Mountain -, as lojas, os restaurantes e os pontos turísticos. Não é preciso alugar um carro, pois Park City possui um sistema de ônibus gratuito que conecta toda a cidade e, durante o inverno, funciona diariamente entre 6h30 e 00h30. Muitos hotéis também oferecem traslados sem custo e há ainda os aplicativos de transporte particular ou táxis que estão disponíveis por toda a região. Na Histórica Main Street, pode-se optar pelo Trolley, que opera todos os dias das 10h às 23h.

Outra vantagem é a oferta de passes para os meios de elevação, que permitem a experiência de esquiar por um preço bem mais acessível quando comprados com antecedência. Recomenda-se adquirir o Epic Day Pass antes do início da temporada de inverno para garantir a sua disponibilidade. Além disso, é muito mais econômico do que comprar diretamente na bilheteria dos meios de elevação. Para acesso à estação Park City Mountain pode-se optar pelo Epic Pass, que oferece um valor diferenciado para pacotes a partir de quatro dias, ou pelo novo Epic Lift Day, para uso diário. Já com o Ikon Pass é possível escolher entre esquiar por cinco ou sete dias na estação Deer Valley. Os três são ideais para quem deseja curtir sem limitações e exigências de tempo.

Para completar, há sempre promoções de hospedagem no início e no fim de cada temporada, principalmente em dezembro, antes do Natal, e em abril, durante a primavera. Neste inverno, Park City Mountain abre em 22 de novembro e Deer Valley em 7 de dezembro, ambas fecham em 12 de abril. No site www.visitparkcity.com/places-to-stay/lodging-deals/ há a lista de todas as ofertas disponível para cada período do ano, que variam entre descontos progressivos conforme o número de noites e até mesmo diárias gratuitas.

Mais informações em www.visitparkcity.com.

Sobre a cidade de Park City

Park City, em Utah, é um dos destinos montanhosos mais acessíveis dos Estados Unidos, localizado a apenas 35 minutos do Aeroporto Internacional de Salt Lake City. Há mais de 100 opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos, duas estações de esqui – Park City Mountain e Deer Valley –, cerca de 640 km de trilhas públicas e dezenas de restaurantes e lojas, além de outlets. A cidade também é palco do tradicional festival de cinema independente Sundance.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

10/10/2019

Curta o verão chileno em 5 excursões ao ar livre pela região do Vale do Rosário

Vinícola Matetic oferece passeios por áreas de cultivo. Hóspedes do La Casona, hotel-boutique da propriedade, optam por tours a pé, de bike, de van ou a cavalo

A brisa fria que sopra do Pacífico é um dos fatores de sucesso da premiada Vinícola Matetic, localizada no centro do Chile, a cerca de 120 quilômetros da capital, Santiago. A proximidade com o oceano fez surgir na região do Vale do Rosário um terroir único, onde as uvas são cultivadas livre de aditivos químicos, em total compromisso com o equilíbrio do meio ambiente.

No verão chileno, hóspedes do La Casona, o hotel-boutique dentro da propriedade, são convidados a conhecer de perto a proposta de agricultura orgânica praticada pela Matetic. A pé, de bike, de carro ou a cavalo, as excursões apresentam diferentes níveis de dificuldade.

Viajantes com disposição para andar têm duas opções de trekking: a subida à colina Bahamondes (a cerca de 400 metros acima do nível do mar) consome até 2h30, tempo em que se percorre a flora nativa do Vale do Rosário; com duração que varia entre 90 e 140 minutos, uma outra alternativa de caminhada explora a vegetação local onde se destaca a palmeira-chilena.

Entender como se dá o manejo das uvas e exercitar o olfato, a audição e o paladar é o que motiva quem escolhe a trilha de sentidos, tour a pé com 60 minutos de duração, que se encerra no mirante com vista para as vinhas de Sauvignon Blanc.

É possível percorrer as fileiras dessa varietal de bicicleta de modo suave, em passeios de aproximadamente 90 minutos, ou pedalar de modo mais intenso por cerca de 2 horas, percorrendo trechos do vale ao lado do riacho do Rosário até chegar à área de cultivo dos exclusivos rótulos Matetic.

Já na companhia de um legítimo caubói chileno, aventure-se em uma excursão a cavalo por entre as vinhas. A jornada que consome em torno de 2h30 passa por paisagens compostas por vegetação nativa e pode ser premiada com a visão de animais selvagens da região.

Destinado a quem pratica apenas o exercício da contemplação, a excursão de van que explora o Vale do Rosário é acompanhada de paradas e explicações sobre a proposta de cultivo biodinâmico. O tour de 2 horas termina em uma visita ao mirante de Bahamondes.

O fim de todas essas jornadas pode ser celebrado com uma refeição no Equilibrio, acompanhada de uma taça do Late Harvest Corralillo, nobre rótulo da Matetic servido de forma exclusiva no restaurante da vinícola, escolhido como o melhor da sua categoria no Best of Wine Tourism Awards 2019.

Encontre o descanso necessário que um dia de passeios pede em um dos dez quartos do Hotel La Casona. Batizados com nomes de castas de uvas, eles oferecem vista para os vinhedos e para os jardins da propriedade. Cenário inspirador para recomeçar a jornada de explorações pela Matetic.

Informações sobre o La Casona e a Vinícola Matetic podem ser obtidas em toursandbooking.matetic.com, no telefone (+56) 22611-1520, nas redes sociais @mateticvineyards, no e-mail reservas@mateticwg.com ou com os principais operadores e agências de turismo brasileiros.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

08/10/2019

Chef Sofia Bendelak assinará cardápios do hotel-boutique Juma Ópera, de Manaus

Pioneira na cozinha contemporânea amazônica, ela estará à frente das criações servidas no restaurante do empreendimento, que fica no centro histórico da cidade, em frente ao Teatro Amazonas

A majestosa visão do Teatro Amazonas será a primeira de muitas sensações experimentadas por quem sentar-se à mesa no restaurante do Juma Ópera, no Centro Histórico de Manaus, com inauguração prevista até o final de 2019. Localizado sob cúpula de aço e de vidro, este espaço do novo hotel-boutique da capital do Amazonas também será palco das criações exclusivas da chef Sofia Bendelak, que assinará os cardápios.

Com elegância e ousadia, a cozinha proposta por ela combina pratos contemporâneos carregados de matizes e sabores amazonenses. Tem sido assim desde quando ela criou o Bistrô Ananã, pioneiro dessa vertente culinária em Manaus e que obteve dois importantes prêmios: melhor restaurante de comida variada da cidade em 2009 segundo a revista Veja Manaus, apenas dois anos depois de Sofia ser eleita a melhor chef local pela mesma publicação, e melhor restaurante da região Norte de acordo com o Guia 4 Rodas, também em 2009.

Credenciada pelos prêmios e por receitas como quibe de caranguejo, purê de cará roxo e o tambaqui com chutney de páprica e canela, a chef dividiu seus conhecimentos como professora do primeiro curso de gastronomia da Universidade Nilton Lins.

Com a mesma ousadia empregada em sua cozinha, Sofia Bendelak também atuou no Rio de Janeiro, como membro do Buffet Claudia Vasconcellos, onde foi diretamente responsável pela alimentação de toda a equipe olímpica da Austrália, durante os Jogos de 2016. 

Nos últimos anos, antes de retornar a Manaus e elaborar os cardápios do Juma Ópera, Sofia prestou consultoria e reformulou os menus do Hotel Ipanema Tower e das pousadas Vila Kalango e Rancho do Peixe, ambas em Jericoacoara, no Ceará. Ela também esteve à frente da criação da marca As Bentas, delivery de comida balanceada e nutritiva destinada a executivos.

Perto de completar 20 anos de jornada desde que concluiu sua formação de chef profissional pelo Senac, Sofia Bendelak retoma a consagrada exploração dos produtos amazônicos em harmonia com técnicas e segredos da cozinha de vanguarda. União que encontrará no Hotel Juma Ópera o cenário ideal.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

04/10/2019

Entre drinques e espetáculos, a doce arte de viver a noite parisiense

Restaurantes, bares e até o Louvre convidam a desfrutar da capital francesa quando as luzes se acendem. Os hotéis Le Burgundy e Le Cinq Codet aliam o requinte à localização privilegiada

Ao fim de mais um dia, quando as primeiras luzes despontam no horizonte de Paris, a cidade vê acender seu lado mais sedutor. Atraído pela diversão e pela boemia parisienses, o público se divide entre restaurantes, cafés, bares e clubes noturnos. E acrescente à lista o magnífico Louvre, que funciona até as 21h45 nas noites de quarta e sexta-feira.

Além de abrigar uma das maiores e mais valiosas coleções de arte do mundo, o museu-símbolo da capital francesa fica próximo a boas opções de entretenimento e de hospedagem na cidade, entre elas, o hotel Le Burgundy Paris. No coração do 1º arrondissement, esse cinco-estrelas prima pelo requinte de suas suítes, com decoração que transmite o conceito de residência, em contraposição à impessoalidade da hotelaria convencional.

Em harmonia com a sofisticação vivenciada pelos hóspedes, a exclusividade e inspiração do chef Guillaume Goupil são os pontos altos do Le Baudelaire, restaurante do hotel. Para começar uma noite sofisticada, o local abre suas portas às 19h30 para jantares condecorados com uma estrela Michelin. E após uma refeição perfeita é possível provar a mixologia cosmopolita do bar Le Charles. A apenas alguns passos de distância do restaurante, o barman Jeremy Blanc prepara clássicos como o Gumbo Style e o Old Fashioned, abrindo caminho para uma noite marcada por descobertas. 

É o que ocorre com quem vai ao Fitzgerald em busca da cozinha criativa do chef Clement Thomas e encontra por trás de uma das portas do neo bistrô um revelador speakeasy, onde a coquetelaria leve é servida até duas da madrugada. O estilo art déco do restaurante e do bar contrasta com seu vizinho do 7º arrondissement, o hotel Le Cinq Codet.

O antigo edifício de uma companhia telefônica conta hoje com 67 modernas acomodações de padrão cinco-estrelas, cuja decoração remete a uma coleção de arte. No mesmo distrito da Torre Eiffel, o Le Cinq Codet está localizado próximo aos museus D’Orsay e Rodin. Com refeições e drinques servidos no jardim ou terraço, o bar e restaurante Le Chiquette oferece uma experiência agradável e uma carta sofisticada e criativa para os desbravadores.

O luxuoso hotel fica ainda a menos de 10 minutos de carro do Crazy Horse. Toda a tradição dos cabarés parisienses está presente nessa casa, fundada há quase 70 anos. Com coreografias ousadas, carregadas de sensualidade, os shows têm 90 minutos de duração.

À meia-noite em Paris você pode trocar o clima burlesco pela animação de um dos clubes mais badalados da cidade, pertinho da Champs Élysées. Comandada por DJ’s, a festa no Matignon reúne artistas, personalidades francesas e internacionais, todos sem qualquer pressa de ir para a cama.

Indicado a quem prefere encerrar a noite em tom mais intimista, o Duc des Lombards é um clássico do Boulevard Sébastopol. Sua programação de jazz é uma das mais seletas e concorridas da capital francesa, que ama esse gênero musical. Às sextas e aos sábados, na virada da madrugada, solos e fraseados são cortesias das jam sessions com entrada gratuita.

Mais informações sobre os hotéis Burgundy e Le Cinq Codet podem ser obtidas em leburgundy.com/pt/ e em lecinqcodet.com/pt. Ambos são representados no Brasil pela empresa Key Partners (www.keypartners.com.br), de Sylvia Leimann.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

02/10/2019

Trekking em Púcon, no Chile

O Hotel Antumalal promove aos seus visitantes diversas opções de caminhadas que combinam aventuras e belas paisagens

Alternando em seu panorama montanhas, lagos, cachoeiras, águas termais e vulcões, a região de Pucón, ao sul do Chile, é de uma beleza extraordinária que chama a atenção dos visitantes. E se suas paisagens são assim tão diversas e incríveis, os trekkings para desbravá-las também o são. Durante a primavera, o clima torna-se ideal para quem deseja escapar da rotina das grandes cidades com um final de semana em contato com a natureza. Graças a uma agência de turismo própria, a Davita Tours, o Hotel Antumalal, localizado às margens do Lago Villarica, promove de simples caminhadas para contato com a fauna e a flora locais até ascensões de vulcões ativos.

Para a turma mais aventureira, uma das opções é a trilha San Sebastian, que começa em uma floresta e ultrapassa os 1.900 metros acima do nível do mar, oferecendo impressionantes vistas em 360º a vulcões e montanhas da região.

Ideal para um contato mais próximo com a fauna e a flora da região da Araucanía, o trekking no Parque Nacional Huerquehue acontece em meio a florestas de araucária, coihue e lenga, em um trajeto com várias cachoeiras. O trekking para as Lagoas Andinas, em meio à Cordilheira dos Andes e próximo à fronteira com a Argentina, passa por dois lagos rodeados por florestas de araucárias e habitados por pica-paus de Magalhães. Outra opção para uma grande imersão no ambiente tranquilo e natural de Pucón é a trilha das Crateras Parasíticas, que proporciona uma visão perfeita do vulcão Villarica.

Após as aventuras, a melhor pedida é retornar ao hotel Antumalal, que conta com confortáveis acomodações para um merecido descanso, todas com janelas panorâmicas que provocam a sensação de contato direto com o meio ambiente, além de proporcionar vistas espetaculares dos arredores. Quem viaja com a família encontra na Suíte Familiar, que comporta até quatro pessoas, ou nos Chalés, para até seis pessoas, um espaço amplo e aconchegante. Ambos contam com lareiras e no caso dos Chalés há ainda sala de estar, terraço privativo e, em um deles, uma cozinha, uma boa alternativa para quem viaja com crianças.

O sistema all inclusive aparece como a melhor opção por já incluir na tarifa a hospedagem, os traslados, as refeições – café da manhã, almoço e jantar -, bebidas alcoólicas e não alcoólicas e duas excursões de meio dia ou uma de dia inteiro por cada noite de estada. Os hóspedes ainda podem relaxar no Spa Antumaco, com piscina climatizada, jacuzzi e sauna com vista para o lago, ou então passear pelo parque privado de cinco hectares, com jardins, mirantes e praia. 

Mais informações podem ser obtidas em www.antumalal.com ou com as melhores operadoras e agências de turismo brasileiras.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.8319/ 3862-5745

www.adcomunicacao.com.br

01/10/2019

Experiência de preservação e respeito à natureza na Amazônia

Hotel de selva Juma Lodge proporciona aos hóspedes imersão na floresta, com emprego de práticas sustentáveis e funcionários das comunidades locais

Com cerca de 300 espécies diferentes de árvores por hectare e grande variedade de pássaros, aves, sapos, peixes e insetos, a Amazônia representa um dos mais importantes patrimônios naturais da humanidade. Sinônimo de floresta e água, a região que ocupa perto de 40% do território brasileiro é responsável por regular as quantidades de poluentes na atmosfera, razão pela qual as queimadas e o desmatamento descontrolado despertam preocupação em ambientalistas e em todos aqueles atentos a futuros prejuízos climáticos para o planeta.

Em esforço contínuo para manter o equilíbrio ecológico da região, o Juma Amazon Lodge enxerga a floresta como prioridade dentro da experiência imersiva oferecida a seus hóspedes. Além de ter vista panorâmica, cada um de seus 19 bangalôs proporciona o conforto necessário, sem excessos. Cerca de 40 painéis solares e 72 baterias garantem a energia elétrica e o aquecimento da água, reduzindo assim o uso de geradores convencionais. Parte dos artigos de higiene pessoal disponíveis são biodegradáveis, o que contribui para a política de tratamento de resíduos do hotel.

O conjunto de eco-práticas se estende às atividades propostas pelo hotel, que estimula o visitante a ter atitude positiva e de interação respeitosa com a natureza. Quase todos os guias e funcionários do Juma Lodge são nascidos nas comunidades locais. É o saber desses personagens que orienta os passeios mata adentro. Em verdadeiras aulas de biologia a céu aberto, descobre-se como é possível extrair de plantas remédio e alimento. Como forma de contribuir com o ecossistema amazônico, os hóspedes do Juma Lodge Amazon são convidados a plantar uma árvore, gesto que encerra o ciclo de atividades propostas com base nos princípios de sustentabilidade e de redução do impacto ambiental.

Sobre o Juma Amazon Lodge

Em uma área de 7.000 hectares, o Juma Amazon Lodge foi erguido sobre palafitas, mesmo método usado pela população ribeirinha da Amazônia para construir suas casas. As instalações do hotel estão resguardadas pelas árvores, a 15 metros de altura, nível máximo atingido pelo rio no período da cheia.

Os hóspedes podem escolher entre 19 bangalôs, sempre com rede na varanda, água quente e ventilador. Para uma viagem repleta em exclusividade, o bangalô panorâmico inclui cama king-size e varanda que contorna a acomodação, proporcionando um impressionante visual.

O restaurante do Juma Amazon Lodge agrada tanto aos adeptos da culinária internacional quanto aos que buscam experimentar os sabores e aromas amazônicos. O hotel tem ainda um pequeno bar. O deck diante do lago convida à utilização do telescópio profissional para apreciar o céu nas noites na Amazônia.

Reservas e mais informações podem ser obtidas no site http://www.jumalodge.com.br/, telefone (92) 3232-2707 ou e.mail reservas@jumalodge.com.br.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

30/09/2019

Começa temporada no Parque Nacional Torres del Paine, Chile

Tierra Patagonia Hotel & Spa está entre as melhores opções de hospedagem no destino

Com temperaturas mais agradáveis, menos turistas e paisagens ainda mais belas, a chegada da primavera no Chile marca o início da temporada 2019/2020 do Tierra Patagonia Hotel & Spa. O empreendimento, localizado na entrada do Parque Nacional Torres del Paine, extremo sul do Chile, reabre em 1º de outubro e segue em funcionamento até 31 de maio de 2020.

O período traz de volta as flores, sendo o momento ideal para realizar passeios pelo pampa e por lindos bosques, onde é possível avistar raposas-cinzentas, guanacos e até mesmo pumas, bem como diversas espécies de pássaros, como condores, pica-paus magalhânicos e patos patagônicos. Pode-se escolher explorar a região através de caminhadas, passeios de bicicleta, barco ou a cavalo. 

Detentor de uma infraestrutura pensada para atender a todos os estilos de viajantes, o Tierra Patagonia possui 40 apartamentos com uma decoração aconchegante que remete à cultura local, restaurante, sala de estar, bar, biblioteca, sala de apresentação das expedições, piscina coberta, jacuzzis coberta e ao ar livre e estúdio de ioga. Há, ainda, o UMA SPA, que privilegia elementos como pedras e águas em tratamentos para o corpo e a mente.

O hotel também realiza uma série de passeios diários, contemplados em seu sistema all inclusive. Entre as opções estão tours cênicos de tirar o fôlego no Parque Nacional Torres del Paine e em seu entorno.

Mais informações podem ser obtidas em www.tierrahotels.com, no telefone 0800.761.1627 (Brasil) e com os principais operadores e agentes de turismo.

 AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

20/09/2019

Casamentos em cenários de conto de fadas dentro de hotéis luxuosos na Europa

Propriedades históricas, o Château Fonscolombe, na Provence, e o Farol Hotel, em Cascais, aliam natureza e bom gosto para cerimônias memoráveis

Para muitos casais, o casamento é um dos momentos mais inspiradores da vida a dois. Aqueles que buscam uma cerimônia autêntica e intimista, mas plena em fantasia e glamour, encontram pela Europa diversas opções de destinos com cenários que parecem ter saído de um conto de fadas. Emoldurado por um castelo centenário ou com o Atlântico por testemunha, o sim dos noivos ganha notas de requinte pela eternidade. 

No sul da França, a tradição das grandes recepções do luxuoso Château Fonscolombe data do século 18, quando suas portas se abriam para festas e celebrações especiais da família do Marquês de Saporta, cujo legado principal está no campo da botânica. Situado em uma área verde de nove hectares, o hotel cinco-estrelas está no coração da Provence, próximo a campos de lavanda, e a apenas 20 minutos da cidade de Aix-en-Provence e 35 minutos da cidade de Marselha.

Compostos por cerca de 180 espécies de árvores e plantas, seus bosques são um convite à celebração ao ar livre. Já os seis salões para eventos do castelo, forrados por papéis de parede chineses e com decoração notadamente marcada pelo estilo provençal, comportam até 200 convidados. Na propriedade, há também uma charmosa capela do século 18, onde os noivos podem dizer o famoso “sim” durante uma cerimônia intimista.

Em Portugal, a equipe do Farol Hotel promete mimar tanto aqueles que optem por cerimônias reservadas quanto por festas com potencial para se transformarem no assunto da cidade. Seja qual for a escolha, o cenário descortina a costa de Cascais, a pouco mais de 30 minutos de carro a partir da capital portuguesa, Lisboa.

Sobre falésias que se debruçam diante do Atlântico, o Farol Hotel ocupa uma mansão do século 19. A construção impressiona sobretudo pelos salões de recepção com vista para as ondas do Atlântico, com destaque para o Deck on The Rocks, terraço que concede mais personalidade e charme às celebrações realizadas ali.

O Château de Fonscolombe (www.fonscolombe.fr) e o Farol Hotel (www.farol.com.pt) são representados no Brasil pela empresa Key Partners (www.keypartners.com.br), de Sylvia Leimann.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

20/09/2019

Silêncio e contemplação em novo hotel no centro histórico de Manaus

Em fase final de construção, Juma Ópera tem janelas acústicas e visão desimpedida para o Teatro Amazonas

Nos idos de 1900, o Teatro Amazonas era a expressão da riqueza e do refinamento de um Brasil que vivia o apogeu econômico garantido pelo Ciclo da Borracha. Templo de cultura e requinte na Manaus daqueles anos, esse marco arquitetônico foi erguido com os melhores materiais disponíveis no mundo todo. Isso incluiu o uso de tijolos emborrachados nas rampas de acesso ao teatro. Essa aparente extravagância era a solução encontrada para abafar o som de cavalos e charretes, de modo que o ruído não atrapalhasse as apresentações.

Passados quase 120 anos, o silêncio ainda é uma prioridade no entorno do principal cartão-postal da capital do Amazonas. Em fase final de construção, o Juma Ópera Hotel investe cerca de meio milhão de reais na aquisição de janelas acústicas para seus 41 apartamentos com vista para o Teatro Amazonas. A majestosa casa de espetáculos também pode ser observada do bar, da piscina na cobertura ou do restaurante no interior do empreendimento.

Assim como outros edifícios do centro histórico de Manaus, um dos prédios do hotel também é fruto dos anos de prosperidade local. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o casarão sofreu um meticuloso processo de restauração. Anexada a ele, uma nova ala foi levantada, respeitando o traçado do prédio original, por onde o ex-presidente americano Theodore Roosevelt passou no início do século 20, durante sua expedição à Amazônia com o Marechal Rondon.

Naquele período, a acelerada urbanização da cidade às margens do Rio Negro ocorreu ao sabor das exigências dos barões da borracha, que tinham a França como fonte de inspiração. Graças ao dinheiro que jorrava com o látex, Manaus ganhou largas avenidas, redes de esgoto e de energia elétrica — essa última sinônimo de progresso no mundo inteiro. 

O Juma Ópera, dos mesmos proprietários do hotel de selva Juma Lodge, também está alinhado às melhores práticas de sustentabilidade dos dias atuais, por exemplo, tendo a energia solar como base de seu sistema de aquecimento. Além disso, o projeto busca estar em harmonia com as antigas construções do entorno ao modernamente incorporar à rede subterrânea a fiação elétrica proveniente da rua, proporcionando a seus hóspedes e visitantes visão desimpedida do Teatro Amazonas e dos demais casarões históricos nos arredores.

Mais informações podem ser obtidas nas redes sociais @jumaopera.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

09/09/2019

Cresce número de estudantes estrangeiros, inclusive brasileiros, nas universidades mais renomadas do mundo

Boa formação no ensino médio aumenta chances de ingressar em universidades estrangeiras e permite networking desde cedo

Cada vez mais brasileiros buscam o ensino superior em outros países, e escolas de prestígio como as da Ivy League – grupo de 8 universidades tradicionais dos Estados Unidos – tem estatísticas atualizadas sobre a participação internacional em seus programas de graduação, pós-graduação e pesquisa. A presença de estudantes estrangeiros cresce ano a ano, com o aumento de candidatos melhor preparados e com melhor fluência em outros idiomas.

Em Yale, nos Estados Unidos, 22% dos alunos são de outros países, representando 121 nacionalidades. Já sua colega de Ivy League, a Universidade de Columbia, em Nova York, mostra o Brasil como o 10º colocado na lista de países com mais estudantes matriculados – no ano letivo 2016/2017 havia 301. Ainda nos Estados Unidos, a Universidade de Berkeley, na Califórnia, conta com 14,4% do seu corpo estudantil composto por imigrantes.

Na Inglaterra, os números também são bem altos. Em Oxford, uma das universidades de maior prestígio no mundo, 64% de todos os estudantes de pós-graduação são de fora do Reino Unido. Em 2018, apenas 82 brasileiros em um universo de pouco mais de 24 mil alunos estavam matriculados em algum programa de graduação, pós ou pesquisa. Já a London School of Economics recebeu 59 brasileiros em suas salas de aula no ano passado.

Melhorar o conhecimento e a fluência na língua inglesa e ter uma formação que se destaca no currículo pode facilitar o acesso a uma boa universidade estrangeira. A EF Academy, divisão da multinacional sueca de intercâmbios EF, oferece programas dehigh school (ensino médio) no exterior, dando a seus alunos a possibilidade de proficiência e também denetwork. A taxa de ingresso universitário após algum programa de High School da EF é de 99%, e um em cada três alunos é aceito em uma das Top 50 Universidades do mundo.

Os alunos da EF Academy, oriundos de mais de 75 países, tornaram-se parte do seleto grupo aceito em universidades como Yale, Australian National University, University of Hong Kong, University of Amsterdam, Columbia, Berkeley, Oxford eLondon School of Economics.

Mais informações podem ser obtidas em www.ef.com.br/academy,  facebook.com/EFacademybrasil e instagram.com/efacademybrasil/.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

09/09/2019

Um roteiro harmonizado com vinho e verde pelo Chile

Depois de passear pelos parques de Santiago, vale parar na Vinícola Matetic e em seu hotel-boutique, La Casona, antes de seguir rumo a Valparaíso

Um belo roteiro pelo centro do Chile pode harmonizar degustação de vinho com muito verde. Em Santiago, a capital do país, o passeio junta parques e relaxamento ao ar livre. Depois, a viagem segue até a litorânea Valparaíso, com uma passada por Isla Negra, para conhecer a casa-museu de Pablo Neruda. No caminho, visite os vales onde vinícolas produzem alguns dos melhores rótulos chilenos. Entre elas está a premiada Matetic, que oferece a experiência completa nos vinhedos com a hospedagem no La Casona, seu hotel-boutique. 

A viagem pode começar pelo Parque Metropolitano de Santiago, um dos maiores parques urbanos do mundo, com cerca de 720 hectares — para se ter uma ideia do tamanho, o Central Park de Nova York ocupa uma extensão de 340 hectares. Do Cerro San Cristóbal, 300 metros acima da capital chilena, tem-se uma linda vista panorâmica da cidade. Outro monte, Cerro Santa Lucía, mostra o passado do país entre diversas espécies de árvores. A 70 metros de altura, a construção colonial inclui o Castillo Hidalgo, o Jardín Circular e as terrazas Neptuno e Caupolicán.

Quando o assunto é área verde, Santiago não poupa opções, indicadas para caminhadas, piqueniques e passeios de bicicleta. Pelos bairros, há sempre um parque por perto, como o Bicentenário (em Vitacura), o Araucano (em Las Condes), o Florestal (no centro histórico) e o Parque de las Esculturas (na Providência).

A jornada pelo Chile segue em direção aos vinhedos e ao mar. Entre a Cordilheira dos Andes e o Oceano Pacífico, os vales na região central do país dão origem a muitos dos saborosos vinhos chilenos. Visitar vinícolas de Casablanca enrique os aromas e os sabores da viagem.

A pouco mais de uma hora de Santiago, a Vinícola Matetic e seu hotel-boutique, La Casona, oferecem a atmosfera ideal para vivenciar a viticultura do Chile. Tours com degustação e excursões a pé pela propriedade de 9.000 hectares apresentam a agricultura orgânica e biodinâmica da Matetic.

Os dez quartos da propriedade, batizados com nomes de castas de uvas, oferecem vista para os vinhedos e para os jardins. De menu reformulado para a temporada, o restaurante Equilibrio valoriza a culinária regional dando um toque gourmet às receitas.

A 50 minutos dali, a região litorânea de Valparaíso e Viña del Mar é um saboroso desfecho para a viagem pelo Chile. Antes, não desperdice a chance de visitar Isla Negra, o povoado no Pacífico que inspirou Pablo Neruda. A casa onde o poeta viveu até sua morte virou um interessante museu sobre o artista. Depois, desfrute de praias como Reñaca, na costa de Viña del Mar, e das cores de Valparaíso, com suas ladeiras, mirantes e rica gastronomia.

Informações sobre o La Casona e a Vinícola Matetic podem ser obtidas em www.matetic.com, no telefone (+56) 22611-1520, nas redes sociais @mateticvineyards, no e-mail reservas@mateticwg.com ou com os principais operadores e agências de turismo brasileiros.  

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745

www.adcomunicacao.com.br

04/09/2019

Aproveite promoções de voos para o final da temporada de neve no Chile

Estação de esqui Portillo receberá os visitantes até 22 de setembro

Algumas companhias aéreas estão com boas tarifas entre as principais cidades brasileiras e Santiago do Chile, a partir de R$ 743. É uma ótima notícia para quem pretende aproveitar o final da temporada de neve no país e visitar estações como a bela e tradicional Portillo, que segue de portas abertas até 22 de setembro.

A qualidade das pistas é garantida por máquinas de fabricação de neve, que trazem diversão a esquiadores e snowboarders e deixam o cenário do lugar ainda mais lindo. Aliás, a paisagem formada pela Laguna del Inca e as montanhas da Cordilheira é um dos pontos altos de Portillo.

No final do dia, crianças e adultos podem curtir ainda atividades programadas pela equipe de monitoria, um animado après-ski na piscina aquecida ao ar livre, música ao vivo no bar e baladas na discoteca do hotel Portillo, o principal da estação.

Os brasileiros também podem aproveitar as promoções vigentes em Portillo, como a “2 Kids Ski Free”, que dá cortesia de hospedagem, alimentação e passes de esqui a duas crianças de 4 a 11 anos a cada adulto pagante. Outra opção é um desconto de 30% no Octagon Lodge, que possui apartamentos quádruplos com banheiro privativo e é ideal para famílias.

Mais informações no site www.skiportillo.com.

AD Comunicação & Marketing

(11) 3862.5745www.adcomunicacao.com.br